A Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, abriu um inquérito para apurar os casos de assédio no “Big Brother Brasil 20” envolvendo o participante Petrix Barbosa. Nas redes sociais, fãs do programa apontaram pelo menos três acusações contra o ginasta. Na última, o paulista apareceu “sarrando” suas partes íntimas na cabeça de Flayslane, que estava sentada no chão da sala na madrugada de uma festa na casa.

(Foto: Reprodução)

 

“De acordo com a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM) Jacarepaguá, diante dos fatos veiculados na mídia foi aberto procedimento para apurar os fatos”, diz a nota enviada pela Polícia Civil.

Para ler a matéria completa no Extra clique aqui.