(Foto: Reprodução)

Um dia depois da morte violenta de um técnico de som da TV Globo, a violência urbana foi tema do Encontro com Fátima Bernardes. A apresentadora reuniu especialistas e ativistas para conversar sobre possíveis soluções para o problema. Além de divulgar estatísticas e ouvir opiniões diversas, Fátima mostrou, por exemplo, como a dificuldade de acesso à educação provoca impacto sobre o aumento da criminalidade. Nesse debate, uma opinião acabou destoando – e repercutiu nas redes sociais.

A atriz Georgiana Góes, que participa do programa Tá no Ar, pediu a palavra e sugeriu que a meditação nas escolas e entre policiais pode ajudar a combater a violência nas cidade:

– Uma coisa que eu acho muito interessante… Que eu percebo na minha vida… Há vinte anos eu pratico meditação. Imagina se meditação fosse uma coisa dada na escola? Imagina se fosse dado também nas academias dos policiais? Que lugar é esse de um centramento e de uma calma… As situações de estresse que a violência causa… Se a gente tivesse essa ferramenta para todos.

Para ler a matéria completa no MSN clique aqui.