Internada no hospital Albert Einstein, em São Paulo, a atriz e comediante Claudia Rodrigues, 50, apresentou melhora em seu quadro de saúde. Segundo Adriane Bonato, empresária da artista, ela tomou nesta terça (1º) a terceira dose de um medicamento que vem dos Estados Unidos para o tratamento da esclerose múltipla.

“Graças a Deus, o remédio conseguiu estabilizar a doença degenerativa que estava em progressão. Podemos dizer que está freada a doença”, afirmou Bonato. A empresária também disse que a disautonomia, um transtorno provocado por alterações no sistema nervoso autônomo e que provoca sintomas como desmaios e tonturas, foi estabilizada com a medicação. De acordo com ela, foi por esse transtorno que Claudia teve de ser internada.

 

(Foto: Reprodução/Instagram)

 

“As novas lesões que surgiram no cerebelo, apontadas nas ressonâncias realizadas em julho, desapareceram por completo, um dos efeitos da medicação”, completou a empresária. A atriz e comediante receberia a terceira dose do remédio em janeiro, mas o procedimento foi adiantado.

Bonato completou que Claudia está consciente e deve gravar nesta quarta (2) um vídeo para tranquilizar seus fãs e amigos.

Foi em 2000 que a atriz recebeu o diagnóstico da esclerose múltipla, doença autoimune que afeta o sistema nervoso central. Um ano antes, ela estourou nacionalmente no Zorra Total (Globo) como a personagem Ofélia, que fazia ao lado do ator e humorista Lúcio Mauro, que morreu aos 92 anos em maio de 2019.

Em 2015, depois de um surto, ela fez um transplante de células-tronco nos Estados Unidos que afirma ter sido fundamental para que o seu quadro de saúde melhorasse. Em outras entrevistas, a atriz e humorista contou que o humor a ajuda a enfrentar a esclerose. “Sempre fiz graça com tudo…eu podia estar na merda, e eu fazia graça.”