O ator Cauã Reymond, 39, contou, em live para a jornalista Joyce Pascowhitch, que já sofreu assédio no começo da carreira como modelo. Segundo ele, casos como esses aconteciam frequentemente em seu cotidiano.

“Como trabalhava com moda, desde muito novo fui me acostumando a isso. Já fui assediado de maneiras que não gostei, por mulheres, por homens”, disse ele.

Foto: Reprodução/Instagram

Em outro momento do papo, deu mais detalhes de como cada assédio se configurava. “Por exemplo, uma coisa que odeio é aquela mão que começa no ombro e vai parar no bumbum, assim ‘sem querer'”, revelou.

Para ele, é uma falta de respeito e, hoje em dia, ele não tolera nenhum tipo de assédio, nem com ele nem com ninguém. “Falta respeito. Hoje em dia falo na hora que não gostei, mas já fiquei calado muitas vezes e é uma situação muito chata. Sei que é muito pior com mulher”, concluiu.