(Foto: Reprodução)

 

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), por meio da Delegacia Especializada em Investigação de Crimes Cibernéticos, passou a investigar o caso de suposto estupro praticado por Everson Zoio contra sua ex-namorada. Foi o próprio youtuber que falou sobre o assunto nas redes sociais, detalhando que fez sexo enquanto a jovem dormia.

O caso foi relatado com tom de piada e, tamanha repercussão, chegou ao conhecimento da PCMG. O youtuber, popular na web, dizia em vídeo que tentou estabelecer relações sexuais sem o consentimento explícito da namorada e torcia para que ela não acordasse e percebesse o que estava acontecendo.

Para ler a matéria completa no MSN clique aqui.