A cantora Camila Cabello, 22, pediu desculpas por comentários racistas que ela fez no passado, na internet. A americana de origem cubana viu algumas de suas postagens antigas ressurgirem nas redes sociais nas últimas semanas. Foram descobertos alguns textos dela publicados em 2012, em que ela utilizou palavras como “nigga” e “nigger”, considerados racistas na língua inglesa por remeterem aos tempos da escravidão. Na época, ela tinha 15 anos e usava a página do Tumblr.

(Foto: Reprodução/Instagram)

“Quando eu era mais nova, usava uma linguagem que sou profundamente envergonhada e que vou me arrepender pra sempre. Eu era ignorante e uma vez que tive consciência da história, do peso e do verdadeiro significado deste linguajar, me senti profundamente envergonhada por usá-lo”, escreveu a cantora em suas redes sociais.

Ela disse que já se desculpou, mas pede perdão novamente. Nunca tive a intenção de machucar ninguém e me arrependo disso do fundo do meu coração”, afirmou a cantora dizendo, ainda, que infelizmente não pode mudar o que ela disse no passado.

“Esses erros não representam a pessoa que sou ou a pessoa que tenho sido. Eu só apoio e sempre apoiei o amor e a inclusão, e meu coração nunca sentiu esse tipo de ódio ou de divisão.”