Conhecido como o assistente de palco de Fernanda Lima no programa Amor e Sexo, o ator e modelo Bruno Miranda, o Borat da atração, foi baleado por um policial militar após uma briga de trânsito no Recreio dos Bandeirante, no Rio.

De acordo com a Polícia Militar, após o disparo do policial, Bruno foi ferido e socorrido ao Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca. Uma arma foi apreendida e o policial foi encaminhado para a 16ª DP por equipes da Operação Recreio Presente. A ocorrência segue em andamento.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro, Bruno foi operado e segue internado com quadro estável. Ela não informou o local do tiro, mas o F5 apurou que seria na região abdominal. Ele estaria indo para a academia no momento da briga.

Foto: Reprodução/Twitter

O ator costuma fazer sucesso nas redes sociais. Em junho, Bruno revelou aos seus seguidores que faria lives com conteúdo adulto em seu perfil no Instagram, com direito a stripteases.

Em uma de suas transmissões, no entanto, Miranda foi advertido pela rede social e informado que seria suspenso por tempo determinado por ter compartilhado conteúdo impróprio. A conta do ator e modelo está atualmente ativa na rede social.

Em abril, para ajudar pessoas afetadas pela pandemia do novo coronavírus, Miranda realizou leilões de cuecas, sungas e bermudas através das suas redes socais. “Tenho uma vida confortável com a minha família, mas na favela a coisa está feia. Conheço pessoas em comunidades ao redor da Ilha do Governador e tem muita gente passando aperto”, contou à época.

Miranda é casado com a médica Mariana Melgaço de Mello e pai do Enzo, 5. Ele vive em uma cobertura na zona oeste do Rio de Janeiro.