Mariana Rios, 35, que anunciou estar grávida no início deste mês de julho, afirmou na manhã deste sábado (11) que sofreu um aborto espontâneo.

A cantora publicou um texto lamentando o ocorrido, e homenageando o filho. “Meu filho, te recebi dentro de mim com todo meu amor. Seu coração que batia acelerado e forte, de repente parou. Você precisou partir e não me sinto no direito de questionar a decisão de Deus. Apenas aceito e confio que tudo que acontece e para o nosso bem”.

 

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Meu filho, Te recebi dentro de mim com todo meu amor. Seu coração que batia acelerado e forte, de repente parou. Você precisou partir e não me sinto no direito de questionar a decisão de Deus. Apenas aceito e confio que tudo que acontece é para o nosso bem. Só quem passou por isso é capaz de mensurar a dor que estou sentindo. Você foi muito amado a cada segundo em que aqui esteve e sempre será. Te espero de coração aberto se desejar voltar sentindo-se preparado. Obrigada meu Deus pela oportunidade de poder cuidar desse espírito o tempo em que ele precisou de mim. E fico aqui com a certeza de que o momento certo virá, se for a Sua vontade. “O corpo humano, por mais belo e cheio de vida que seja, um dia precisa partir. Mas as virtudes do espírito, que dele se liberta, continuam
vivas nos sentimentos daqueles que as souberam apreciar e preservar, no frasco
do coração.” ???

Uma publicação compartilhada por Mariana Rios ? (@marianarios) em

 

“Só quem passou por isso e capaz de mensurar a dor que estou sentindo”, continuou ela. “Você foi muito amado a cada segundo em que aqui esteve e sempre sera. Te espero de coração aberto se desejar voltar sentindo-se preparado. Obrigada meu Deus pela oportunidade de poder cuidar desse espirito o tempo em que ele precisou de mim. E fico aqui com a certeza de que o momento certo vira, se for a Sua vontade.”

Por fim, ela citou uma frase do escritor Paulo Ursaia, que diz que “o corpo humano, por mais belo e cheio de vida que seja, um dia precisa partir. Mas as virtudes do espirito, que dele se liberta, continuam vivas nos sentimentos daqueles que as souberam apreciar e preservar, no frasco do coração.”