Ele vive o desafio de interpretar, em seu primeiro papel na TV, um personagem gay bem resolvido em “Malhação, vidas brasileiras”. Mas o que nem todos sabem é que o ator paraibano Pedro Vinícius, de 18 anos, tem muitas semelhanças com o papel que vive na novela. Michael, um garoto que tem fortes relações como o universo feminino. Assim como na trama adolescente, Pedro adora usar salto alto e roupas consideradas de mulher. “Já me ‘montei’ algumas vezes. Há pessoas que estranham bastante, e me olham com cara de reprovação, mas eu já encarei a realidade que eu não agradarei a todos”, diz, bastante seguro de si.

Em entrevista ao EXTRA, o ator revela também que já sofreu preconceito na época da escola: “Já fiquei no meio de uma roda em que meninos me xingavam, já tive meus livros arrancados da minha mão e jogados no chão, seguido da frase ‘eu vou te ensinar a ser homem’, bem como já tive ‘amigos’ que se ofereceram para me ensinar a andar e falar como homem, porque para eles, tudo o que eu fazia, era muito ‘mulherzinha’. E eu sou mesmo muito mulherzinha, bichinha, afeminado, viadinho. Tudo isso eu sou, e me orgulho”.

Para ler a matéria completa no Extra clique aqui.