Anitta teve seu nome envolvido em mais uma polêmica, na noite desta terça-feira (10). Desta vez, o jornalista Erlan Bastos compartilhou supostos áudios da cantora falando de Simaria, Preta Gil, Pitty, Paloma Bernardi, Ludmilla, Nego do Borel e até Iggy Azalea. As histórias foram contadas na biografia Furacão Anitta, escrita por Léo Dias, mas pelas conversas vazadas, quem teria passado as informações dos bastidores das brigas para o colunista foi a própria estrela.

Vídeo com os áudios vazados

Segundo relata a revista QUEM, Simaria teria tirado satisfação com Anitta no Prêmio Multishow. “Eu detesto fazer a falsa, odeio. Só que o Multishow tinha me pedido pra fazer o lance da Loka [música] antes de eu saber dessas coisas, dela falar mal de mim. Eu tinha dado já minha palavra para o Multishow e fui cumprir, só que eu fui e não fiquei fazendo a linha não”, inicia a conversa.

O motivo seria porque Anitta não quis divulgar Simaria em seu Instagram. “As pessoas não vão clicar no seu flyer, não é assim, não vai adiantar. Eu ajudo as pessoas pra ajudar, eu não ajudo as pessoas pra mostrar para os outros”, diz o áudio. A funkeira teria afirmado que a irmã de Simone se irritou por ela a ignorar. “Como que eu eu a mulher mais estourada do Brasil, a banda, o grupo mais estourado do Brasil tenho tempo? Sou casada, tenho filhos e respondo”, teria questionado Simaria.

A voz atribuída a Anitta continua e fala de Ludmilla e Nego do Borel: “Eu ajudo as pessoas da maneira que eu posso, da maneira que eu acredito que vai ajudar. Quando eu tenho um show que eu não vou conseguir fazer, mando o número do empresário da Ludmilla mesmo com tudo que aconteceu. Quando teve a campanha da Claro botei o Nego [do Borel], Nego ganhou um dinheiro bacana pra caramba”.

Leia mais AQUI

Confira todos os áudios no vídeo abaixo: