Nesta terça-feira (10/11), Anitta desmentiu os rumores sobre ter raspado recentemente o cabelo durante um ritual de Candomblé. Por meio de sua assessoria, um comunicado explicou que a informação não é verdadeira.

Segundo a nota, a cantora, que é praticante do Candomblé, é uma “Ekedi”. As Ekedis são suspensas para a iniciação, não precisando raspar a cabeça em sua preparação para servir aos Orixás.

Foto: Reprodução/Instagram

“Anitta repudia qualquer tipo de intolerância religiosa, seja ela qual for, e acredita que tais especulações retratam um Brasil ainda repleto de discriminação e preconceito religioso”, reforçou a nota.

Para ler a matéria completa no portal Metrópoles, parceiro da Banda B, clique aqui.