Em entrevista à atração The One Show, JJ Chalmers, 33, diz apoiar e conhecer as razões que levaram o príncipe Harry, 35 -de quem se tornou amigo enquanto servia às Forças Armadas- a buscar uma vida afastada da realeza. Para o ex-fuzileiro naval, a escolha foi tomada pensando em proteger sua mulher Meghan Markle, 38, e o filho do casal, Archie, de apenas oito meses.

(Foto: Reprodução/Instagram)

“A coisa que mais muda sua vida é ter filhos. Ele é menos o capitão do exército que eu conhecia e é mais um pai. Acho que a decisão que tomou, na linha de frente, foi a de proteger sua família, porque essa é a regra número um: ser pai e ser marido”, disse Chalmers.

Ao ser questionado sobre qual seria a razão para tal ruptura ele disse acreditar que Harry estaria pensando no bem-estar de sua família, afastando-o o máximo que conseguir da mídia. “Ele é um indivíduo muito íntegro. No dia em que precisar responder ao filho, quando ele começar a entender isso, poderá olhá-lo nos olhos e dizer: ‘Tomei a decisão certa e fiz isso por você’. Ele cresceu sob os holofotes e sabe como terminará se isso não for tratado corretamente”.

Harry e Meghan surpreenderam a rainha Elizabeth 2ª quando anunciaram, na quarta (8), que querem viver uma vida mais independente e pagar as próprias contas. O passado de Markle como atriz na série de televisão americana “Suits” imediatamente provocou a especulação de que ela poderia voltar a atuar.

Especialistas em relações públicas preveem que os duques de Sussex poderiam se tornar o casal de celebridades com o maior salário do mundo, chegando a faturar juntos cerca de US$ 1 bilhão em uma década, o correspondente a mais de R$ 4.073 bilhões.