O Reino Unido segue de olho nos índices de casos e mortes pelo novo coronavírus e as medidas para entrar no país são mais restritivas. De acordo com secretário da Cultura, Oliver Dowden, quem quiser entrar em terras britânicas precisa respeitar uma quarentena de 14 dias.

Porém, parece que o ator Tom Cruise está fora dessa medida. Em conversa com o ministro, o astro conseguiu ter isenção a essa regra assim como toda a equipe do filme “Missão Impossível 7”. Eles têm o aval para voltar a gravar pelos próximos meses.

Ator vai gravar Missão Impossível 7

Segundo o Gulf Today, Dowden disse: “Os maiores sucessos de bilheteria e programas de TV de alta qualidade do mundo são produzidos na Grã-Bretanha. Nossa criatividade, experiência e benefícios fiscais de grande sucesso para nossas indústrias de peneiras significam que somos um local de demanda que, por sua vez, proporciona um ótimo retorno para nossa economia”, disse.

“Queremos que a indústria se recupere e isentar um pequeno número de elenco e equipe essencial da quarentena é parte de nosso compromisso contínuo de colocar as câmeras em segurança novamente”, completou.

Em fevereiro, após o aumento de casos de coronavírus na Itália, os produtores do filme “Missão: Impossível 7”, de Tom Cruise, anunciaram uma pausa nas filmagens. O país registrava 219 casos, o maior número fora da China, Japão e Coreia do Sul, naquela ocasião.

A Paramount tinha programado três semanas de filmagens em Veneza, mas com o alerta dado pelo governo italiano, toda a equipe foi deslocada para outras cidades ou até mandada de volta ao seu país de origem.