O Governo do Estado confirmou o repasse de cerca de R$ 720 mil ao Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) nesta quarta-feira (14). Os recursos vão viabilizar a execução de projetos da entidade em Curitiba, Londrina e Cascavel. São quatro termos de fomento assinados pelo secretário estadual da Justiça, Família e Trabalho (Sejuf), Rogério Carboni.

Foto: Luiz Fernando Povidaiko/SEJUF

A solenidade de formalização da parceria ocorreu na sede do CIEE, no centro de Curitiba. Os recursos dos termos de fomento são oriundos do Fundo da Infância e Adolescência (FIA) e devem ser liberados antes do final do ano. Os projetos que serão beneficiados visam garantir o direito à profissionalização e à proteção do trabalho.

“O CIEE é especialista em ações que preparam o jovem para o mercado de trabalho. É muito gratificante ver o recurso público aplicado em parceria com quem sabe exatamente como e onde aplicar para extrair o melhor resultado possível”, disse Carboni. “Esse tipo de parceria aumenta o impacto do investimento público, porque organizações como o CIEE, além de outras que vêm sendo alcançadas por termos de fomento, trabalham na ponta, no contato direto com quem mais precisa”.

Antoninho Caron, presidente do CIEE Paraná, destacou a relevância dos recursos. “Sabemos bem da importância de um trabalho integrado e participativo entre os entes da sociedade civil organizada e o Poder Público. Estamos de prontidão, sempre dispostos a servir a comunidade, estimulando a qualificação e ajudando a transformar os indivíduos e a sociedade como um todo”, afirmou.

CURITIBA

Dos quatro documentos, dois são para ações em Curitiba. O primeiro é referente ao projeto Futuro em Ação, com repasse de R$ 199,9 mil. Serão atendidos 100 adolescentes, na faixa dos 14 aos 18 anos, com capacitação pessoal e profissional através da pré-aprendizagem. O dinheiro será utilizado em despesas gerais de custeio.

O segundo termo de fomento, também no valor de R$ 199,9 mil, é destinado ao projeto Aprendiz em Ação. Serão atendidos 100 jovens com idades entre 14 e 18 anos, em situação de vulnerabilidade ou risco social, com ações de aprendizagem e capacitação profissional.

INTERIOR

 Dois termos de fomento são descentralizados e igualmente voltados ao projeto Aprendiz em Ação. Um deles vai beneficiar a unidade do CIEE de Londrina, no Norte do Estado. São R$ 159,98 mil para atendimento de 54 adolescentes. O outro é direcionado à unidade de Cascavel, no Oeste, que também vai beneficiar 54 adolescentes com o repasse de R$ 159,99 mil.

Em ambos os casos, os valores vão custear tanto despesas de aquisição de material quanto o pagamento de profissionais que farão o acompanhamento multidisciplinar dos jovens participantes do projeto. Serão acompanhados fatores como a permanência no ensino regular, a conscientização das empresas quanto à importância de direcionar vagas de emprego para o público vulnerável, além de acompanhamento dos adolescentes para evitar rescisões antecipadas de contratos.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Estado repassa quase R$ 720 mil para projetos de capacitação de jovens do CIEE

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.