O primeiro dia de aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em Curitiba deixou o trânsito caótico nas proximidades dos locais de prova. O tumulto fez com que muitos candidatos chegassem atrasados e pegassem os portões fechados.

enem
Movimento na PUC-PR neste primeiro dia de provas do Enem (Foto: Geraldo Bubniak / AGB)

Ao todo, 27.912 pessoas se inscreveram para o Enem na capital paranaense. No Paraná, são 134.605 estudantes, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Os portões fecharam às 13h. As provas são aplicadas das 13h30 às 19h. Neste primeiro dia, o Enem reúne questões objetivas de linguagens e ciências humanas, além da redação que tem como tema ‘invisibilidade e registro civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil’.

A reportagem da Banda B esteve na Universidade Tuiuti (UTP), no bairro Santo Inácio, e flagrou alguns candidatos que chegaram atrasados. Um deles, que preferiu não se identificar, lamentou ter perdido a prova.

“Deixei o documento no carro, o GPS fez um caminho alternativo que demorou um pouco mais e como estava em cima da hora não consegui voltar para buscar a tempo. Faz parte da vida. Serve de aprendizado para em uma próxima chegar mais cedo e estudar bastante para a Federal que será em fevereiro”, disse.

enem Universidade Tuiuti do Paraná
Trânsito complicado no entorno da Universidade Tuiuti do Paraná (Foto: Antonio Nascimento / Banda B)

Mas também teve quem foi com antecedência para não perder a chance de conseguir uma vaga na universidade. A atendente Fabiana Lourenço foi acompanhar o irmão Fábio Lourenço, de 35 anos, que está prestando pela segunda vez o Enem. Ele quer ingressar em um curso de engenharia.

“Viemos dar uma força para ele. Chegamos antes, mas eu fiquei lá até ele entrar na sala, tudo certinho, para dar uma força até os últimos momentos”, falou confiante.

A dona de casa Elizandra Heinrechs levou a filha adolescente, que quer conquistar uma boa nota para garantir vaga no curso de arquitetura. Elas enfrentaram muito trânsito, mesmo assim, deu tempo de chegar antes de os portões fecharem.

“Hoje foi terrível o trânsito, pegamos um meio alternativo para conseguir chegar a tempo. Fiquei com ela até os últimos momentos para dar apoio, para passar segurança, porque família é isso”, afirmou orgulhosa.

A movimentação também era intensa na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), onde os candidatos encararam fila para entrar nas salas para fazer o Enem. Além da caneta esferográfica de tinta preta fabricada em material transparente e documento de identificação, a máscara era item indispensável entre os participantes.

Estudantes em fila para o Enem na PUC-PR
Estudantes em fila para o Enem na PUC-PR (Foto: Geraldo Bubniak / AGB)

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Primeiro dia de provas do Enem tem movimentação intensa e “atrasados” em Curitiba

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.