POR JOANA CUNHA – SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS)

A montadora sueca Volvo anunciou que vai igualar o período de licença paternidade e maternidade, oferecendo o benefício por até seis meses para todos os 40 mil funcionários.

O benefício, que garante 80% do salário, poderá ser solicitado após um ano de trabalho na companhia.

 

 

Em nota, o presidente da montadora, Håkan Samuelsson, disse que, quando pais e mães são incentivados a equilibrar as demandas da casa e do trabalho, a desigualdade de gênero diminui e todos podem avançar na carreira.

Em uma versão piloto do programa realizada a partir de 2019, 46% das solicitações de licença vieram de pais, segundo a empresa.

A política se aplica também aos casos de adoção em casais homoafetivos.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Volvo expande licença paternidade para seis meses para enfrentar desigualdade de gênero

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.