A Receita Federal libera às 9h desta segunda (10) a consulta ao primeiro lote de restituição do Imposto de Renda 2019.

Foto: (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O pagamento está previsto para a próxima segunda-feira (17). Ao todo, R$ 5,1 bilhões serão creditados para cerca de 2,57 milhões de contribuintes.

No primeiro lote, recebem a devolução do imposto aqueles considerados prioritários, como idosos e pessoas com deficiência ou doenças graves.

Também serão liberadas as restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2018, que ficaram em malha fina.

A consulta poderá ser feita na página da Receita na internet, onde é possível acessar o extrato de declaração do imposto e verificar se há erros, como omissão de rendimento ou inconsistência de dados.

Nesse caso, é possível corrigir as informações e enviar uma declaração retificadora ao Fisco.

Contribuintes também podem checar o aplicativo do IR para dispositivos móveis ou ainda ligar para o número de telefone 146.

De acordo com a Receita Federal, receberão a restituição no primeiro lote “245.552 contribuintes idosos acima de 80 anos, 2.174.038 contribuintes entre 60 e 79 anos e 153.596 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave”.

A correção pela taxa básica de juros Selic aplicada às restituições do exercício de 2019 será de 1,54%.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano -se não for resgatada neste prazo, deverá ser solicitada pela internet.

Caso o valor devido não tenha sido creditado, o contribuinte deve entrar em contato com a central de atendimento do Banco do Brasil por telefone ou ir pessoalmente a alguma das agências bancárias.