Jorge Gonçalves é formado em arquitetura e urbanismo e sempre teve a gastronomia como sua paixão. O que ele não esperava era que um hobby antigo pudesse se tornar um empreendimento. E assim nasceu uma marca de produtos naturais e artesanais voltada à produção de geleias, sais e azeites: a Vivian Parre.

“Confesso que pelas minhas viagens pelo mundo, quando sentava para tomar um café em um lugar charmoso, uma padaria, doceria ou visitava um empório, ficava imaginando que, ao me aposentar, poderia abrir um lugar parecido”

explica Jorge Gonçalves.

O que ele não sabia é que essa mudança aconteceria muito rápido. Enquanto ainda trabalhava em um escritório de arquitetura, planejou e executou um cardápio na casa de amigos e uma das convidadas quis comprar o molho pesto que ele fez.

Jorge até ofereceu a receita, mas o dono da casa disse que ele deveria vender. E foi nesse momento que ele percebeu a nova oportunidade.

“Isso me deu um insight e comecei a pensar que poderia ser uma ideia de negócio. Foi uma sementinha do empreendedorismo plantada em mim”

Jorge Gonçalves

E foi durante o resgate das receitas da família que teve a inspiração para o nome da marca. Jorge combinou os sobrenomes das bisavós materna e paterna — Catarina Vivian e Josefina Parre — para batizar a empresa. Assim surgiu a Vivian Parre em homenagem a elas.

Resultados positivos começaram a aparecer, e a procura por seus produtos aumentou. O arquiteto, então, precisou decidir: mantinha a profissão ou seguia como empreendedor com sua própria empresa?

“Mesmo trabalhando em um escritório, com a vida estável e a um mês de tirar férias (já tinha comprado passagens, reservado hotel e me programado para isso), a carga e o cansaço me fizeram decidir por outro caminho. Em comum acordo, saí do escritório. Pude viajar não mais focado em observar a arquitetura e urbanismo do local, mas, sim, em alimentos, produtos, embalagens, gestão de lojas… Enfim, tudo o que estava relacionado com o negócio que estava prestes a nascer”

relata o agora empreendedor.

Apesar de ter uma reserva financeira, ele voltou da viagem cheio de dúvidas. Procurou ajuda no Sebrae-SP e diz que o apoio que recebeu foi essencial para seguir em frente.

“A partir das orientações, formalizei a empresa, fiz todos os cursos de gestão financeira, caixa, Canva, tudo o que fosse relacionado a esse universo empresarial que para mim que venho de uma área de criação é muito diferente e desafiador. Fiz meu plano de negócios e, nessa época, descobri que o que eu vendo não são produtos, mas, sim, carinho em forma de presente”

pontua.

Hoje, a empresa conta com 15 sabores de geleias artesanais que têm uma redução de 40% de açúcares, além de azeites e sais aromatizados.


As dicas de Jorge

  • Acredite em você! Já dizia Tom Ford: “Se penso que posso ou penso que não posso, então eu posso!” Use sempre seu poder de decisão para fazer acontecer!
  • O que faz seus olhos brilharem? Aproveite o que te faz feliz para desempenhar o seu melhor! Com certeza todo mundo vai perceber e o reconhecimento será apenas umas das consequências!
  • Tenha foco, seja persistente, busque novas experiências e várias fontes de inspiração: transforme o que já existe em algo melhor! 

Siga o trabalho de Jorge Gonçalves nas redes sociais: @vivianparre

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Arquiteto transforma paixão pela gastronomia em uma nova oportunidade de ‘construção’

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.