Durante dez anos, Jacson Collares teve uma empresa do ramo de construção civil. Após um calote, o empresário foi à falência. Como sempre gostou de animais, atuando inclusive como voluntário em ONGs (organizações não governamentais), viu nesse momento a oportunidade de mudar de vida e ativar o plano B.

No início, trabalhou transportando animais como taxi dog. Com o passar do tempo, foi ficando conhecido e começou a ampliar a oferta de serviços. Hoje, Jacson tem uma hospedagem para pets concorrida. Segundo ele, a reserva de vagas para dezembro, por exemplo, normalmente se esgotam em agosto.

“Além de tratar diretamente com os cães e ter funcionários apenas para apoio, eu aceito cães com problemas de temperamento e não tenho restrição a nenhuma raça”

conta Jacson.

Depois de concluir alguns cursos e também desenvolver um método próprio de adestramento, o empresário consegue “colocar na linha” cachorros com problemas de comportamento, assim como aqueles que são muito afoitos ou agressivos.

Jacson conta que, desde que se tornou um profissional nesta área, mudou completamente de vida. As roupas sociais deram espaço para vestimentas mais confortáveis. Ele também diz que está feliz e que, agora, o dia nunca é igual ao outro.

“A paz que você consegue trabalhando com os animais é indescritível. Nada transmite mais paz do que o olhar de um cachorrinho que está bem, que está feliz”

comemora.

Com o tempo, a esposa de Jacson, Priscila Cylke, também deixou seu emprego na área do comércio para ajudar o marido com os cães. E a união da família não para por aí. Os filhos também ajudam no dia a dia com algumas tarefas e, principalmente, dando muito amor para os cachorros.

Junto com o trabalho com cães, que se tornou fonte de renda, Jacson segue ajudando os animais que precisam de uma família. O empresário auxilia com a divulgação, transporte e até organização de feiras de adoção. Recentemente, ele também se uniu a voluntários que estão ajudando os animais no Rio Grande do Sul a conseguir novos lares para os cachorrinhos do estado atingido pelas enchentes.

As dicas de Jacson

  • É uma área que pode dar dinheiro, mas o ganho é proporcional ao tempo que você dedica ao trabalho.
  • Não pode esquecer que por trás de cada bicho tem um ser humano.
  • Cachorro é uma paixão para as pessoas. Por isso, na hora de adestrar tem que procurar viabilizar a relação entre pessoa e cão.

Entre em contato com Jacson pelo número: (41) 99628-2929

Siga Jacson nas redes sociais @jacsoncollares

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Conheça a trajetória do empresário do ramo da construção civil que se tornou um ‘encantador’ de animais

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.