A Weefor nasceu de um desejo que busca recriar o papel do incorporador na cidade. Além de dar o primeiro passo no processo de comercialização e construção de um imóvel, a empresa fundada e liderada por mulheres, tem como objetivo ir além da geração de lucro por meio dos empreendimentos imobiliários, valorizando aspectos de responsabilidade social, gentileza urbana, mobilidade e criando um ecossistema de parcerias capazes de construir um mundo melhor.

Foto: Divulgação.

Trazer à construção civil uma ótica mais atual e que faça sentido dentro do ambiente em que vivemos: foi esse o entusiasmo que fez a Weefor dar  início a concretização dessa ideia. Atuando nesse ramo há mais de 10 anos, as fundadoras puderam adquirir experiência e sentiram a necessidade de fazer diferente; desprendendo-se dos antigos padrões.

“A principal intenção da Weefor é trazer para o mercado curitibano empreendimentos menos exclusivos e mais inclusivos. Grande parte da cidade é construída pelos incorporadores e isso é uma responsabilidade muito grande, que vai além da construção de um prédio, por isso queremos nos responsabilizar não só pelo lado de dentro dos muros, mas pela cidade como um todo”, explica a CEO da Weefor, Maria Eugenia Fornea.

A primeira empreitada da incorporadora já iniciou de maneira muito mais aberta e colaborativa. O Weefor.Arq, é um concurso que permite que os escritórios que estiverem alinhados com a visão proposta, participem da construção de Curitiba. “A busca é por parceiros que consigam enxergar que juntos podemos mais, tudo começa com uma oportunidade”, relata a CEO.

No último ano a empresa cresceu 550%, saindo das duas fundadoras para 11 colaboradores que trabalham com um objetivo em comum: modernizar e democratizar a incorporação na construção civil. Em 2022, a empresa conta com dois empreendimentos, o MUDA WF, com projeto assinado pelo escritório paulista  NN Arquitetos Associados, vencedor do primeiro Weefor Arq. O empreendimento está atualmente em construção no bairro Água Verde em Curitiba e possui uma área total construída de 5.399,72 m².

O segundo empreendimento é um residencial de alto padrão, que será construído na Av. Sete de Setembro, próximo à Praça do Japão, com projeto do escritório Austral Studio, de Curitiba, em parceria com o escritório Estúdio Vertical, de Joinville, vencedore do segundo Weefor Arq.

Com esses dois projetos em andamento, para o ano de 2023 a Weefor deve colocar no mercado 75 milhões em VGV de lançamentos e entregar 30 milhões. Somando uma produção imobiliária de mais de 100 milhões. Além disso, 1,5% do VGV da incorporadora será revertido para o Instituto WF.

O Instituto WF tem por objetivo articular os atores que constroem a cidade em prol da redução da desigualdade no meio urbano. “Nossa missão é juntar conhecimento técnico e responsabilidade social em projetos de impacto. Contamos com conhecimento, técnica e articulação para unir as duas pontas daqueles que ocupam e constroem a cidade. A transformação é possível, cabe a cada um de nós”, reforça Maria Julia Fornea, diretora financeira da Weefor.

Em uma pesquisa sobre o Mercado Imobiliário Paranaense desenvolvida pela Brain Inteligência Estratégica, entre março de 2022 e março de 2021, o VGV de empreendimentos residenciais cresceu 23,6%, chegando a uma média maior que 9 milhões por mês em 2022. “Se todas as incorporadoras do Paraná se responsabilizassem pelas cidades nas quais constroem e doassem 1% do seu VGV, teríamos uma média de R$ 90.000,00 investidos na cidade todos os meses”, propõe a diretora financeira da Weefor que busca o apoio de outras incorporadoras para desconstruir o mercado da construção civil no estado.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Incorporadora paranaense cresce 550% e investe em Curitiba e região

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.