Por Felipe Ribeiro

Com o crescimento das cidades cada vez mais ‘para cima’, o número de pessoas que moram em condomínios também cresce a cada dia. São grandes empreendimentos que tornam a gestão complicada por envolver muitos moradores e opiniões. Para isso, então, surgem as administradoras, que facilitam e profissionalizam a gestão. Normalmente escolhida em assembleia, a administradora passa a ficar responsável por vários serviços a um preço mensal dividido entre os condôminos. A contratação, porém, precisa ser acompanhada de um cuidado especial dos moradores antes do negócio seja fechado, alerta esse feito pelas próprias administradoras.

Representante de um grupo de empresas de gestão de condomínios, Luiz Fernando Martins Alves, diz que o primeiro passo é procurar referências da empresa e buscar saber se ela possui uma boa carteira de administração. “Aquela empresa que presta serviço de qualidade, poderá dar uma relação de clientes. Isso vai gerar confiança para esse suporte de auxílio ao síndico e ao conselho”, disse.

Para a indicação, familiares, amigos e síndicos de outros prédios podem ajudar com as boas ou más referências.

Entre os cuidados apontados por empresários como fundamentais no momento da contratação, ainda estão a importância de se visitar a empresa, verificar se a proposta corresponde as práticas do dia a dia praticadas pela administradora e se o contrato é compatível ao que os moradores estão procurando.

Alves explica que, independentemente do tamanho, qualquer condomínio pode procurar o serviço de uma empresa. “A administradora realiza serviços de cobrança, elaboração de orçamentos, serviços financeiros de pagamento de contas, elaboração da folha de pagamentos dos funcionários, auxilia na contratação de outros fornecedores, além de todo o suporte jurídico. Então, mesmo em condomínios pequenos, é muito útil o serviço conjunto com o síndico, um não substitui o outro”, relatou.

A dica final é sempre a procura por decisões conjuntas entre os moradores, para que nada vá contra a decisão da maioria.