O Conselho de Administração da Copel autorizou nesta quarta-feira (16) a venda da Copel Telecom, que possui hoje a maior rede de fibra ótica do Paraná. Em comunicado aos acionistas, a empresa, que faz parte do Grupo Copel, foi anunciado que o leilão será no dia 9 de novembro pelo valor de R$ 1.401.090.300,00.

De acordo com o comunicado, o edital será publicado na próxima segunda-feira (21). A previsão é que o leilão ocorra 49 dias depois da publicação o dia 21 de setembro.

A Copel Telecom atua nas 399 cidades do Paraná com o produto Copel Fibra residencial – AEN

Reportagem do Plural, informa que quem comprar a estatal terá a posse de toda a rede de fibra ótica da empresa, que é a maior do estado, e direito de uso do backbone da BrasilTelecom. Por decisão da Copel, todos os funcionários da empresa serão realocados para as outras empresas do grupo.

A compradora poderá adquirir um serviço de gestão e operação realizado pelos funcionários da Copel durante seis ou doze meses após a aquisição.

A Copel Telecom é a maior empresa de internet por fibra ótica do Paraná e uma das melhores do país em desempenho de conexão. A rede de fibras óticas da companhia chega virtualmente a todos os municípios do estado e atende as escolas da rede estadual de ensino.

Leia o comunicado da Copel aos acionistas:

A Companhia Paranaense de Energia – COPEL (“Companhia”), empresa que gera, transmite, distribui e
comercializa energia, com ações listadas na B3 (CPLE3, CPLE5, CPLE6), na NYSE (ELPVY, ELP) e na LATIBEX
(XCOP), comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral, que o Conselho de Administração da Companhia,
em reunião realizada na data de hoje, autorizou a publicação do Edital do Leilão de Desinvestimento
(“Desinvestimento” ou “Operação”) da Copel Telecomunicações S.A (“Copel Telecom”).

Conforme será previsto no Edital, o preço mínimo do Desinvestimento será de R$ 1.401.090.300,00 (Um bilhão,
quatrocentos e um milhões, noventa mil e trezentos reais) para o Equity Value. O referido Edital e seus Anexos
poderão ser obtidos no sítio eletrônico da Copel (www.copel.com) a partir da data de sua publicação, prevista
preliminarmente para 21 de setembro de 2020.

O Leilão está previsto preliminarmente para ocorrer no dia 09 de novembro de 2020 na B3, 49 dias após a
publicação do Edital.

O prazo de entrega dos documentos de representação, das declarações e da garantia de proposta será até 05
de novembro de 2020, cinco dias antes do Leilão.

A Companhia informa que alterações no cronograma serão comunicadas ao mercado, bem como sobre o
andamento e do cumprimento das etapas do Desinvestimento”, diz o comunicado assinado por Adriano Rudek de Moura – Diretor de Finanças e de Relações com Investidores