Da Redação com assessoria

Considerado o mais nobre bairro de Curitiba, o Batel manteve-se na liderança para o maior valor do metro quadrado privativo para apartamentos de um dormitório, custando em média de R$ 9.581. De acordo com pesquisa da Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário do Paraná (Ademi/PR) divulgada nesta segunda-feira (15), o bairro também deteve em julho o maior preço médio do metro quadrado privativo para os apartamentos de dois e três dormitórios na cidade, com valores de R$ 11.541,00 e de R$ 8.880,00, respectivamente.

Segundo a pesquisa, o preço dos apartamentos residenciais novos segue em estabilização em Curitiba e acumula valorização média de 5,5%, de janeiro a julho desse ano. Segundo os dados, o valor médio do metro quadrado privativo chegou a R$ 5.991,58 na capital paranaense. Entre os imóveis novos com quatro dormitórios, o Campina do Siqueira desbancou o Ecoville da liderança, com metro quadrado privativo a R$ 10.101,00.

Nesse período, as maiores correções foram para os studios, lofts e apartamentos de um dormitório, que foram reajustados em 11,4%, com metro quadrado privativo a R$ 6.758,00. Na sequência, aparecem os apartamentos com quatro dormitórios que já acumulam valorização de 9,3%, com metro quadrado privativo a R$ 8.285,00. Os apartamentos de dois e três dormitórios, tipologias tradicionais no mercado, tiveram os preços atualizados em 5,1% e em 3,5%, com metro quadrado privativo a R$ 5.526,00 e a R$ 5.848,00, respectivamente.

“O mercado de lançamentos imobiliários avança num patamar de regularidade em Curitiba, tanto em preços, quanto em lançamentos. O preço dos imóveis não vai baixar, visto que os custos para construir continuam em crescimento na cidade e, consequentemente, isso implica diretamente num acréscimo do valor de venda do bem, acompanhando a inflação. Para o comprador, esse é um momento de oportunidades”, comenta o presidente da Ademi/PR, Gustavo Selig.

Na variação mensal, o preço médio do metro quadrado privativo para os apartamentos residenciais novos em Curitiba teve alta de 0,2%, Nos últimos 12 meses, a correção média está em 9,1%. O levantamento da Ademi/PR, em julho, contou com uma amostra de 355 empreendimentos e 12.038 apartamentos residenciais novos (na planta, em construção ou concluídos), à venda por construtoras, incorporadoras e imobiliárias, em Curitiba.