Quatro pessoas foram presas, nesta segunda-feira (4), suspeitas de aplicarem o golpe da falsa quitação de empréstimo, em Curitiba. A operação foi realizada no Centro, em um local apontado pela polícia como sendo uma central clandestina dos criminosos. Lá, foram apreendidos documentos, computadores e dinheiro em espécie.

golpe-centro
Divulgação Polícia Civil

De acordo com a Delegacia de Estelionato, o crime consiste em um falso empréstimo, com juros mais baixos, para possibilitar a quitação de dívidas. Após a documentação assinada, porém, o prometido passa longe de ser cumprido.

“Como todos os dados ficavam nessa central clandestina, eles iam até uma instituição bancária e faziam outro empréstimo com o nome da vítima. Ela, então, ficava com duas dívidas a pagar”, explicou o delegado Thiago Dantas.

Ao todo, a polícia identificou pelo menos 20 boletins de ocorrência que descrevem o golpe. Na operação, seis atendentes foram encaminhados à delegacia para esclarecimentos.

Segundo Dantas, as vítimas eram encontradas, em sua maioria, por mensagens no celular.

image-7-1
Divulgação Polícia Civil

“A primeira observação que a gente faz é que as pessoas não acreditem em juros tão mais baixos. Se quiser realmente fazer a quitação, vá até uma agência conhecida. Não aceite tratativas pelo celular”, concluiu.

A Delegacia de Estelionato segue investigando o caso.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Quatro são presos no Centro suspeitos pelo golpe da falsa quitação de empréstimo; saiba como funciona

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.