Foto: Divulgação/Polícia Civil-PR

A Polícia Civil do Paraná prendeu nesta quarta-feira (4), em Colombo, região metropolitana de Curitiba, uma mulher de 34 anos, suspeita de estelionato. Ela é acusada de tentar negociar, pela segunda vez, um apartamento de terceiros em um conjunto habitacional localizado no município de Pinhais.

Desta vez, a mulher foi presa quando tentava vender, para um advogado, o mesmo apartamento. “A suspeita ganhava a vida fazendo estelionato. Se intitulava engenheira e praticava os golpes”, contou o delegado responsável pelas investigações, Emanuel Davi.

A forma com que a estelionatária realizou as negociações levantou a suspeita do advogado. O preço da residência também era inusitado: o valor de mercado desse imóvel é de aproximadamente R$ 160 mil, mas constava pelo valor de R$ 70 mil no anúncio.

Pela apuração das equipes, foi descoberto que a vítima já havia feito um depósito de R$ 500, mas achou estranha a forma como a negociação estava sendo conduzida pela suspeita e procurou a polícia.

“Durante as averiguações, descobrimos que ela já havia sido presa no mês passado”, explicou o delegado Emanuel Davi.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Não era dela: mulher é presa após tentar negociar o mesmo apartamento pela segunda vez

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.