Acidente terminou com bebê de um ano morto (Foto: Colaboração)

Uma tragédia na comunidade do Assungui, em Rio Branco do Sul, região metropolitana de Curitiba, no fim da madrugada desta quarta-feira (21). Um bebê de um ano morreu após o carro conduzido pelo pai capotar. O condutor alegou que fugia de um possível assalto em uma estrada rural, quando perdeu o controle do veículo.

Estavam no carro o motorista, a esposa de 18 anos, o filho do casal e um parente. Moradora em Almirante Tamandaré, a família retornava de Cerro Azul para a cidade natal, quando o motorista relatou ter sido vítima de uma tentativa de assalto.

Socorro a uma das vítimas na zona rural de Rio Branco do Sul

“Ele viu um cara deitado na estrada e quando diminuiu a velocidade, outro veio saindo de um matagal. Como acreditou ser um assalto, deu a ré e capotou várias vezes”, descreveu à Banda B o agente Bonfim, bombeiro comunitário de Rio Branco do Sul.

Sobre o atendimento, o agente afirmou que a criança já estava morta. “Após o capotamento, o motorista foi até residências pedindo por socorro. Quando chegamos, havia uma criança na cadeirinha, de um ano, que acabou morrendo, porque provavelmente estava sem os cintos”, destacou.

O carro chegou a pegar fogo após os capotamento, porém o motorista conseguiu tirar os parentes do veículo. A esposa do condutor teve ferimentos mais graves e foi encaminhada ao hospital. “O motorista e o outro passageiro estavam andando no local quando chegamos, mas em choque com tudo o que aconteceu”, concluiu o bombeiro.

O corpo do bebê será recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba (IML).

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Motorista foge de supostos assaltantes, capota carro e filho de um ano morre na RMC

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.