Morreu no Hospital Universitário Cajuru, no final da tarde desta quarta-feira (12), a mulher que teve as duas pernas amputadas ao ser atropelada por um trem, no bairro Boqueirão, em Curitiba. O acidente aconteceu na Rua Ireno Marchesini, ao lado do Parque Iguaçu, perto da hora do almoço também nesta quarta-feira.

Foto: Antônio Nascimento/Banda B.

A vítima foi identificada como Sônia Aparecida Bertuletti, de 47 anos, e trabalhava como cozinheira era conhecida como Nena, vive na região por ter familiares no bairro, mas morava de São José dos Pinhais.

O socorrista voluntário Luiz Marcelo Pereira, da ONG Resgate Voluntário Parceiros da Vida, de São José dos Pinhais, disse que a cena no local era muito triste.

“Infelizmente foi um atropelamento grave por trem, viemos em apoio. O trem passou por cima das pernas, fratura de braço, vítima grave. Foi feito todos os procedimentos de suporte avançado e deslocado com prioridade ao Hospital Cajuru”.

disse o socorrista voluntário Luiz Marcelo Pereira

A cozinheira será enterrada às 14h desta quinta-feira (13), no Cemitério Municipal do Boqueirão, em Curitiba.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Morre no hospital mulher que teve as duas pernas amputadas ao ser atropelada por trem, no Boqueirão

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.