Um homem perdeu R$ 15,500 ao tentar comprar uma moto que estava sendo anunciada por uma página de venda de veículos na internet. O verdadeiro proprietário da motocicleta também teria sido enganado pelo golpista. O caso aconteceu na última quarta-feira (22), em Curitiba.

A vítima se interessou por uma moto BMW 2008/2009, principalmente porque o valor estava abaixo da tabela Fipe. Ela explicou em entrevista à Banda B que entrou em contato com o vendedor, o qual mais tarde foi descobrir se tratava de um golpista.

“Antes de fechar o negócio, eu queria ver a moto e perguntei sobre outros detalhes. Ele disse que a moto estava com aquele valor porque pegou em uma negociação com o cunhado dele que seria um mau pagador. Depois ele me ligou dizendo que a moto estava em uma oficina e que eu podia conversar com o mecânico. Eu fui lá, olhei a moto, gostei e decidi comprar”, relatou a vítima do golpe.

Na sequência, o golpista disse à vítima para encontrar o suposto cunhado dele no cartório, onde a transferência da propriedade da moto seria feita após o pagamento via PIX.

“Ele disse para não comentar nada sobre valores, porque ele não queria magoar o cunhado. Eu disse que não tinha problemas, que isso era problema deles. Aí chegou o real dono da moto, perguntei pra ele duas vezes se era mesmo o cunhado do vendedor e ele me confirmou. Fomos até o cartório e lá começou uma enrolação. Eu fiz o PIX e esse suposto cunhado disse que só estava esperando um ‘ok’ confirmando o depósito dos valores. Esperei mais um pouco, me irritei, questionei ele de novo e dessa vez ele admitiu que não era cunhado do vendedor. No final, eu transferi o dinheiro pro golpista e o dono da moto continuou com a moto”, afirmou a vítima.

O rapaz realmente era o dono da moto, mas também teria sido enganado pelo golpista.

“Ele entrou em contato comigo, falou que interessava a moto e que era pra pagar um débito trabalhista que ele tinha com você. Ele disse que queria passar uma moto de procedência pra você e por isso era pra eu falar que era cunhado dele, pra você pensar que a moto era boa, de alguém que ele conhecia. Ele ia me pagar e daí eu podia transferir a propriedade para você”, explicou o proprietário à vítima.

O pagamento, no entanto, não chegou na conta do verdadeiro dono do veículo. Quando os dois perceberam o golpe, o prejuízo já havia sido consumado.

A vítima registrou um boletim de ocorrência sobre o caso. A polícia investiga o golpe.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Homem cai em golpe da falsa venda de moto e perde mais de R$ 15 mil em Curitiba

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.