Com o expressivo aumento na demanda das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e também nos hospitais, a Fundação Estatal de Atenção à Saúde (Feas), da Prefeitura de Curitiba, anunciou a contratação de 355 profissionais para o SUS. Do total de novos contratados, 55 são funcionários administrativos e 300, assistenciais.

demanda-upas
Reprodução

“É um esforço para atender à demanda crescente de atendimento de pacientes com síndromes respiratórias agudas, o alto número de internação por dengue, além da demanda normal das nossas unidades”, explica a secretária municipal da Saúde, Beatriz Battistella Nadas.

A Feas é vinculada à Secretaria Municipal da Saúde (SMS), que estabelece as diretrizes e estratégias da área.

As contratações representam a recomposição de equipes, principalmente no quadro da Urgência e Emergência.

Segundo o diretor-geral da fundação, Sezifredo Paz, mais contratações serão feitas.

“A Feas tem um banco de profissionais aprovados do seu processo seletivo público (concurso), homologado no último 26 de março, que garante o chamamento de outros 182 profissionais ainda em abril”, informa Paz.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Com aumento da demanda nas UPAs e hospitais, Curitiba contrata 355 novos profissionais para o SUS

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.