Que tal trabalhar no teleatendimento do 156, gerenciado pelo Instituto das Cidades Inteligentes? O serviço da Prefeitura está entre as 29 organizações em busca de trabalhadores com deficiência participantes do mutirão de empregabilidade que acontecerá no 3º Festival Inclusão em Cena, nesta sexta-feira (24), das 10h às 16h, no salão de eventos do Museu Oscar Niemeyer (MON).

central-156-vagas-deficiencia-curitiba
Foto: Levy Ferreira/SMCS.

Os candidatos deverão comparecer levando currículo profissional e laudo médico detalhando o tipo de deficiência e as funções que podem ser desempenhadas. Pessoas surdas terão suas entrevistas mediadas por intérpretes da Central de Libras (Língua Brasileira de Sinais) do Departamento dos Direitos da Pessoa Com Deficiência (DPCD) da Prefeitura, que apoia o Coletivo Inclusão na organização do evento.

Central 156

Para se candidatar às vagas do 156, os interessados devem ter 18 anos, ensino médio completo e disponibilidade para cumprir jornada de 6 horas. O salário inicial é de R$ 1.979,34 mais vantagens (plano de saúde integral, vale-refeição de R$ 1.100,00 e vale-transporte).

Ivana de Paula tem visão monocular e trabalha no 156 desde 2018. “Venham sem medo porque aqui é muito acolhedor. Todos recebem treinamento e têm apoio das chefias”, diz Ivana, que tem 63 anos e é formada em Letras/Português.

“Se o candidato for gentil, tiver empatia e paciência com o público, a gente cuida do resto. Nosso objetivo é que a diversidade que existe lá fora se sinta representada aqui dentro do 156”

observa o gerente operacional do 156, Ozires de Oliveira.

Empresas e atividades variadas

Ao lado do ICI/156, fazem parte da lista do mutirão de empregabilidade as organizações BBM Logístico, Bellinati Perez, Conecta Virtuale, DB Diagnósticos, DBM Contact Center, Festval, Grand Mercure Rayon, GRSA, Jardim da Saudade, Marista, Herbarium, Hospital do Rocio, Ibis, Instituto Barigui, Ligga Telecom, Master Vigilância, Obra-prima, Paraná Talentos, Rentcars, Reponto, Boni, Terceiriza+, Unidas, Elevação, Arteris, Soft Marketing e Terminal de Contêineres de Paranaguá (escritório comercial de Curitiba).

Até o início desta semana, cerca de 350 vagas haviam sido cadastradas no Setor de Empregabilidade do DPCD.

“Mas esse número ainda pode crescer, uma vez que estamos abertos à adesão de outras empresas e entidades”

comenta o responsável pela área, Adriano Laurindo.

Também serão ofertadas vagas da Agência do Trabalhador – Posto Avançado da Cultura. Para formalizar a adesão ao processo de recrutamento, as empresas interessadas devem entrar em contato pelo telefone 41 3221-2265 ou pelo email [email protected].

Serviço

Mutirão da Empregabilidade para Pessoas com Deficiência
Dia 24/5 (sexta-feira)
Das 10h às 16h
No Salão de Eventos do Museu Oscar Niemeyer. Entrada pela Rua Marechal Hermes, 999, junto à estação-tubo, e pela Rua Manoel Eufrásio. 

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Central 156 e mais 28 empresas procuram trabalhadores com deficiência em Curitiba

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.