A 7ª edição da Marcha da Diversidade acontece em Curitiba no próximo 30 de junho, domingo. O tema desse ano é “Curitiba Vota com Orgulho”. Com início previsto para as 9h, o público que for até a praça 19 de Dezembro – conhecida como praça do Homem Nu – poderá se divertir e cantar no karaokê disponível para entretenimento, até às 9h40.

O roteiro do evento começa às 13h40, com a saída dos trios elétricos do ponto de concentração. A marcha segue pela Avenida Cândido de Abreu até a Praça Nossa Senhora de Salete.

paraga-lgbti-angel-da-veiga
Foto: Angel da Veiga

Em 2024, a Marcha completa a “trilogia” de temas LGBTI+. “Democracia em Todas as Cores” foi o tema utilizado em 2022, já em 2023 a marcha recebeu o título de “Uma História de Orgulho” e, agora, segue com “Curitiba Vota com Orgulho”.

Conforme a organização do evento, o objetivo do tema é chamar a atenção da comunidade LGBTI+, em Curitiba e no Paraná, para que vote de forma responsável, a favor de políticas públicas que atendam a comunidade. Em sua última edição, o evento reuniu 40 mil pessoas. A expectativa é que esse número passe para 50 mil em 2024.

parada-lgbti-zuca-alvino-1
Foto: Zuca Alvino

Atrações da Marcha

Além de contar com a apresentadora oficial do evento, Brendda Montilla, também haverá outras pessoas no comando do palco principal, sendo elas Yasmin Carraroh e Juana Profunda. No palco de concentração, Tinna Simpson, Arthur Oscar, Carmem Von Blue, Brigitte Beaulieu e Linda Power interagem com o público.

Entre as atrações ainda estão os DJs Fran Rocha, Marcinha Eggers e Bruno Knauer, além de outros 56 artistas. As presenças VIPs da Marcha deste ano são o Mister Trans Curitiba 2023, Yago Piazza, e a Miss Trans Curitiba 2023, Vi Saad.

parada-lgbti-zuca-alvino-2-2
Foto: Zuca Alvino

Parcerias e novidades

A 7ª Marcha da Diversidade conta com novidades importantes para o público. O projeto “A Hora é Agora” marca presença no evento, com o objetivo de levar prevenção e informações sobre HIV e AIDS. Este ano a acessibilidade se tornou ainda maior e conta com tradução em Libras no palco principal.

Além das novidades, o evento terá quatro trios elétricos, telão simultâneo e conta com a parceria da Fundação Cultural de Curitiba e da Dunkel desde a primeira edição, pelo segundo ano a Amstel é parceira do evento e a The Grand e Illusior se juntam, em 2024, ao time de patrocinadores.

Importância da Marcha

Para Rafaelly Wiest, representante da Aliança Nacional LGBTI+ e coordenadora geral da Marcha, “este é um evento crucial para a comunidade LGBTI+ de Curitiba e do Paraná. É um momento para celebrarmos nossa existência, visibilidade e conquistas, mas também para reivindicarmos os direitos que ainda nos são negados”.

Ela cita que o objetivo da temática deste ano é conscientizar a comunidade sobre a importância do voto nas próximas eleições.

“Precisamos eleger candidatos e candidatas que defendam nossos direitos e que trabalhem por uma sociedade mais justa e igualitária para todas as pessoas”, complementa Wiest.

Lucas Siqueira, representante do Grupo Dignidade e presidente do Conselho Municipal de Direitos Humanos da capital do estado, cita que “a Marcha pela Diversidade é um momento muito importante para a comunidade LGBTI+ do Paraná e, principalmente, de Curitiba e Região Metropolitana. É quando a gente ocupa as ruas e mostramos que não somos minorias. Podemos ser minorias em direitos, mas não em quantidade de pessoas e mostramos que a cidade também é nossa, não só a noite, mas também durante o dia, não só os becos, mas também os palcos”.

Segundo Siqueira, esta edição é muito importante devido ao ano eleitoral municipal. “Precisamos eleger pessoas LGBTI+ e que defendem os direitos humanos. Por muitos anos os direitos humanos e fundamentais têm sido atacados e colocados desse lado de trás e é preciso avançar essas pautas e as políticas nas ruas, mas também no legislativo através das eleições”. Ele encerra dizendo que a mensagem que o evento quer passar esse ano é que “se faz necessário ocupar as ruas, ocupar as urnas e ocupar a política”, cita.

Organização do evento

A Marcha da Diversidade é organizada por três ONGS, sendo elas o Grupo Dignidade, Coletivo Cássia e a Aliança Nacional LGBTI+. Cada ONG tem um representante na diretoria do evento.

Rafaelly Wiest é representante da Aliança Nacional LGBTI e coordenadora geral da marcha, Lucas Siqueira representa o Grupo Dignidade, Nahomi Helena representa o Coletivo Cássia.

7ª MARCHA DA DIVERSIDADE

Local: Concentração às 9h, na Praça 19 de Dezembro (Praça do Casal Nu), e segue pela Avenida Cândido de Abreu até a Praça Nossa Senhora de Salete.
Horário: 09h
Evento gratuito

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

7ª Marcha da Diversidade movimenta público LGBTI+ de Curitiba

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.