Cinema:

Cineclube Solax

O Cineclube Solax é uma atividade voltada à apreciação, ao estudo e à discussão de obras cinematográficas realizadas por mulheres. A ação exibe filmes produzidos nas últimas décadas, oriundos de diferentes localidades e abordagens. Para traçar um percurso cinematográfico de cada diretora apresentada, são dedicados, sempre que possível, dois encontros para cada artista. Gratuitos e abertos ao público, os encontros possuem uma dinâmica semanal que conta com a exibição de um longa-metragem, seguida de debate sobre as obras e conversa com as cineclubistas.

Confira as cineastas do mês de julho:

 

Programação:

 

Naomi Kawase

Até 17 de julho | 16 anos | às 18h30

Amplamente premiada, a diretora japonesa Naomi Kawase atua no cinema desde a década de 80. Sua filmografia é especialmente centrada nas questões autobiográficas e de hibridização entre o documental e o ficcional, com temas que abordam os espaços íntimos, domésticos e familiares, propondo uma perspectiva universal a partir do pessoal.

 

 

So Yong Kim

24 de julho e 31 de julho | 16 anos | às 18h30

Nascida na Coréia do Sul, So Yong kim é responsável por quatro longas-metragens realizados em seu país de origem, nos Estados Unidos e no Canadá. Seu filme de estreia, In Between Days (2006), foi vencedor do Prêmio Especial do Júri, no Festival de Sundance. A diretora também é responsável pela direção de séries televisivas como Transparent e American Crime.

Data: Até 31 de julho

Horário: 18h30

Duração: 2h

Valor: gratuito

Classificação: 16 anos 

Local: Centro Cultural Sesi Heitor Stockler De França

Endereço: Av. Mal. Floriano Peixoto, 458 – Centro

Observação: espaço sujeito a lotação (ingressos disponíveis 1 hora antes da ação)

 

Música

Vozes da Cidade – Dom Raiz

Douglas Raí Santos de Oliveira, conhecido como Dom Raiz, promove no Centro Cultural Sesi Heitor Stockler de França, em Curitiba, seu novo trabalho intitulado “As profundezas de um tempo danger”. O EP faz uma fusão do rap com ritmos da cultura popular brasileira, bem como suas influências africanas, atribuindo mais abrangência às suas produções. Dom foi eleito na categoria “Destaque MC Solo”, pelo Prêmio Paraná Hip Hop, em 2013, vencendo também na categoria “Melhor Grupo e Disco do Ano”, junto com o grupo Inthefinityvoz.

Data: 11 de julho

Horário: 19h30

Duração: 60 min

Valor: ingresso solidário (1kg de alimento não perecível)

Classificação: livre 

Local: Centro Cultural Sesi Heitor Stockler De França

Endereço: Av. Mal. Floriano Peixoto, 458 – Centro

Observação: espaço sujeito a lotação (ingressos disponíveis 1 hora antes da ação)

 

Música
Coral Vox

O Coral Vox, formado exclusivamente por colaboradores do Sistema Fiep, sob a regência da maestrina Letícia Lass desde 2015, leva para o palco do Centro Cultural Sesi Heitor Stockler de França uma apresentação que transmite alegria e valores culturais por meio da música.

Data: 12 de julho

Horário: 20h

Duração: 60 min

Valor: ingresso solidário (1kg de alimento não perecível)

Classificação: livre 

Local: Centro Cultural Sesi Heitor Stockler De França

Endereço: Av. Mal. Floriano Peixoto, 458 – Centro

Observação: espaço sujeito a lotação (ingressos disponíveis 1 hora antes da ação)

 

Música

Acordes na Casa – Renan Bragatto Trio

O trio formado pelos músicos Renan Bragatto, Luis Rolim e Wagner Bennert se apresenta no Centro Cultural Sesi Heitor Stockler de França com um repertório de clássicos do forró como o baião, xote e xaxado, além de suas composições autorais.

*Sobre o Projeto Acordes na Casa: a iniciativa contempla artistas profissionais da música instrumental brasileira, internacional e étnica. O objetivo é formar uma programação musical contínua durante o ano, proporcionando à comunidade o acesso a diferentes gêneros da música instrumental, bem como fortalecer a cultura da região.

Datas: 13 de julho

Horário: 11h

Duração: 1h

Valor: ingresso solidário (1kg de alimento não perecível)

Classificação: livre

Local: Centro Cultural Sesi Heitor Stockler De França

Endereço: Av. Mal. Floriano Peixoto, 458 – Centro

Observação: espaço sujeito a lotação (ingressos disponíveis 1 hora antes da ação)

 

 

 

 

Oficina

Processos Fotográficos Alternativos – Oficina Experimental de Cianotipia
Ministrada pela Patrícia Jerônimo, coordenadora dos cursos de fotografia alternativa do Museu de Fotografia de Curitiba, a “Oficina Experimental de Cianotipia” busca aplicar na prática o processo fotográfico artesanal do século XIX, no qual eram utilizadas moléculas de ferro sensíveis à luz que conferem à fotografia a cor azul por meio do contato com objetos ou fotogramas e foto contato de transparências (negativo).

A oficina será realizada em dois encontros. Sendo o primeiro sobre a teoria da técnica, com histórias da Cianotopia e demonstrações práticas  para estimular os alunos a construírem seus trabalhos. Já o seu segundo encontro será uma conversa sobre a produção e exibição dos resultados.  Luvas descartáveis e avental impermeável são os materiais que cada aluno deve levar para realizar a oficina. Inscrições via e-mail: [email protected]

Data: 13 de julho e 20 de julho

Horário: das 14h30 às 17h00

Duração: 2h30 min

Valor: ingresso solidário (1 kg de alimento não perecível)

Classificação: livre

Local: Centro Cultural Sesi Heitor Stockler De França

Endereço: Av. Mal. Floriano Peixoto, 458 – Centro

Inscrições: [email protected]

 

 

Música 

Cidrais – Lançamento do vídeo clipe “Refúgio”

A banda Cidrais, composta pelos irmãos Larissa, Vinicius e Binho Cidral, apresenta no Centro Cultural Sesi Heitor Stockler de França o lançamento do vídeo “Refúgio”, do terceiro EP intitulado “Encanto”. Em 2018, a banda lançou dois EP’s: “Acalento” e “Aflorar”, trabalho independente e colaborativo que atravessa linguagens e estéticas em busca das poesias musicadas.

Datas: 13 de julho

Horário: 19h30

Duração: 40 min

Valor: gratuito 

Classificação: livre

Local: Centro Cultural Sesi Heitor Stockler De França

Endereço: Av. Mal. Floriano Peixoto, 458 – Centro

Observação: espaço sujeito a lotação (ingressos disponíveis 1 hora antes da ação)

 

Música

Eduardo Lobo

Violonista, guitarrista, compositor, arranjador e doutor em música pela UNICAMP, Eduardo integra o Quatro a Zero, um dos grupos vencedores do 7º Prêmio VISA (2004), com quem tem cinco discos lançados, duas turnês europeias (Portugal, Holanda e França), uma passagem pelo Guimarães Jazz Festival e turnês nacionais ao lado do bandolinista Joel Nascimento.

Datas: 18 de julho

Horário: 19h30

Duração: 40 min

Valor: R$ 20

Classificação: livre

Local: Centro Cultural Sesi Heitor Stockler De França

Endereço: Av. Mal. Floriano Peixoto, 458 – Centro

Observação: espaço sujeito a lotação (ingressos à venda no local 1 hora antes da ação)

 

 

Música

Acordes na Casa – Davi Sartori e André Prodóssimo

Reconhecidos entre os grandes talentos da música curitibana, Davi Sartori (piano) e André Prodóssimo (violão) são considerados virtuosos em seus instrumentos. O duo foi formado durante as gravações do “Villa Sonora Convida” – projeto idealizado por André Prodóssimo em 2018, por meio de uma série de vídeos com o intuito de promover o intercâmbio entre músicas da cena instrumental curitibana.

Datas: 20 de julho

Horário: 11h

Duração: 1h

Valor: ingresso solidário 1kg de alimento não perecível

Classificação: livre

Local: Centro Cultural Sesi Heitor Stockler De França

Endereço: Av. Mal. Floriano Peixoto, 458 – Centro

Observação: espaço sujeito a lotação (ingressos disponíveis 1 hora antes da ação)

 

 

Música

Vozes de Outras Cidades – Saulo Duarte

O Centro Cultural Sesi Heitor Stockler de França recebe o cantor, compositor, produtor e multi-instrumentista Saulo Duarte. Nascido em Belém do Pará, integrou durante oito anos a banda Saulo Duarte e a Unidade, lançando três álbuns e recebendo grande destaque da mídia especializada e prêmios como o de Melhor Show do Ano, pela Folha de São Paulo, em 2013. Já em carreira solo, o cantor lançou o primeiro EP, em 2018, intitulado “Avante Delírio”, com lançamento no Brasil e na Europa.

 

Datas: 25 de julho

Horário: 19h30

Duração: 60 min

Valor: ingresso solidário 1kg de alimento não perecível

Classificação: livre

Local: Centro Cultural Sesi Heitor Stockler De França

Endereço: Av. Mal. Floriano Peixoto, 458 – Centro

Observação: espaço sujeito a lotação (ingressos disponíveis 1 hora antes da ação)

 

Música

Circuito Cultural – Dandô

O Circuito Cultural Dandô reúne cantadores e músicos de várias gerações, estilos e culturas de diferentes lugares do Brasil. Idealizado por Kátya Teixeira, o intuito do circuito é proporcionar encontros, trocas e reflexões sobre a música de forma coletiva e colaborativa, buscando uma interação musical entre artistas e público, disponibilizando assim o acesso à música produzida fora da indústria cultural de massa. O formato do show em cada cidade é sempre o mesmo, sendo um artista anfitrião local que apresenta algumas de suas composições, seguido pelo artista circulante de cada edição, que realiza um show completo.

Datas: 26 de julho

Horário: 19h30

Duração: 60 min

Valor: R$ 10

Classificação: livre

Local: Centro Cultural Sesi Heitor Stockler De França

Endereço: Av. Mal. Floriano Peixoto, 458 – Centro

Observação: espaço sujeito a lotação (ingressos à venda no local 1 hora antes da ação)

 

Música

Acordes na Casa – Daniel Miranda Trio

Saxofonista e clarinetista, Gabriel Miranda atua há mais de 30 anos em rodas de choro, grupos instrumentais e orquestras na cidade de Curitiba. Para o show no Centro Cultural Sesi Heitor Stockler de França, Daniel traz o violinista Lucas Melo e o cavaquinista Lucas Miranda, que apresentam canções feitas em homenagem ao cantor, assim como composições próprias e choros que marcaram sua carreira.

Datas: 27 de julho

Horário: 11h

Duração: 1h

Valor: ingresso solidário 1kg de alimento não perecível

Classificação: livre

Local: Centro Cultural Sesi Heitor Stockler De França

Endereço: Av. Mal. Floriano Peixoto, 458 – Centro

Observação: espaço sujeito a lotação (ingressos disponíveis 1 hora antes da ação)

 

 

 

 

Sesi Cultura | Centro Cultural Sistema Fiep

 

Exposição

Um Olhar sobre o Patrimônio e a Paisagem Industrial do Rebouças

Créditos: Gelson Bampi

O Sesi Cultura Paraná  realiza uma exposição que busca compreender o patrimônio industrial como um bem cultural. Pensando nesse conceito, a Cidade de Curitiba e sua diversidade arquitetônica se torna única e indescritível.  O valor documental e historiográfico, como testemunhos exclusivos, a tornam especial, sendo uma grande referência quando o assunto é paisagens industriais.

A exposição “Um Olhar sobre o Patrimônio e a Paisagem Industrial do Rebouças”,  permanece do dia 5 de junho a 30 de agosto, na Galeria do Centro Cultural Sistema Fiep, localizado na Unidade Dr. Celso Charuri. Para agendamento de visita guiada para escolas e grupos interessados, favor ligar no telefone: (41) 3271- 9284 ou mandar mensagem para o  e-mail: [email protected]

 

Cinema

Sesi Cultura investe em programação de Cineclubes

 

Cineclubes do mundo inteiro, há mais de cem anos, promovem a difusão de importantes obras cinematográficas. Eles permitem o aprendizado e a reflexão da arte, sobretudo, para quem não tem acesso às grandes salas de cinema, seja pelo preço, localização ou outros fatores. Desse conceito surge o “cineclubismo”, um movimento pelo direito à cultura e uma ação comunitária de democratização.  Uma iniciativa que o Sesi Cultura Paraná já tem adotado em suas unidades e que vai colocar em prática neste mês com uma intensa programação.

No Centro Cultural Sistema Fiep surge o Cineclube Soberano, que pretende ser um espaço de exibição de filmes esquecidos, além de propor olhares distintos para obras já populares. Trata-se de uma iniciativa aberta a todos, gratuita e de caráter educativo que será organizada em encontros regulares que ocorrerão uma vez por semana, sempre no mesmo dia. O cineasta de destaque para julho é David Lynch. O diretor  não possui pares no cinema americano. Abraçando e expandindo o surrealismo de Buñuel e Dali, esse diretor criou algumas das mais insanas e marcantes imagens já vistas nos últimos anos.

Confira a programação:

 

A filha de Ryan

Uma jovem presa a um casamento sem amor com um homem mais velho tem um caso com um oficial britânico traumatizado pela guerra, causando enorme comoção num vilarejo irlandês.

Data: 16 de julho

Horário: 19h

Duração: 226 min

Classificação: 16 anos

Valor: gratuito

Local: Centro Cultural Sistema Fiep (Black Box) – Unidade Dr.Celso Charuri

Endereço: Rua Paula Gomes, 270

 

Passagem para a Índia

Desconfianças e falsas acusações perturbam as boas relações entre um médico indiano e uma mulher inglesa noiva de um magistrado do Império Britânico na Índia Colonial.

Data: 23 de julho

Horário: 19h

Duração: 164 min

Classificação: livre

Valor: gratuito

Local: Centro Cultural Sistema Fiep (Black Box) – Unidade Dr.Celso Charuri

Endereço: Rua Paula Gomes, 270

 

 

Cinema

Mostra Paula Gaitán de Cinema Experimental e ​Mostra Paralela

 

A ​Mostra Paula Gaitán de Cinema Experimental e ​Mostra Paralela apresentam um panorama das obras da artista visual, fotógrafa, poeta e cineasta Paula Gaitán. Sua carreira autoral inclui dezenas de documentários, trabalhos em vídeoarte e instalações em diversas exibições coletivas. Gaitán nasceu em Paris, em 1954, e é formada em Artes Visuais na ​Universidad de Los Andes de Bogotá, Colômbia. Paula começou a trabalhar com cinema em 1978, sendo Diretora de Arte do clássico “A Idade da Terra”, de Glauber Rocha. Confira a programação:

 

Sessão de Abertura: ​Diário de Sintra​ (2008)

Em que se diferem o viajante e o exilado? Como pensar a memória criada no exílio? Esses são os eixos pelos quais gira Diário de Sintra (2008), de Paula Gaitán. O filme é um relato poético do exílio de Glauber Rocha nessa cidade, em que as fotografias servem de guia mnemônico para a busca de vestígios da passagem do cineasta por Sintra. O filme se constrói na fronteira de uma memória fragmentada, involuntária, inconclusa e precária.

Data: 30 de julho

Horário: 19h

Duração: 01h30min

Classificação: livre

Valor: gratuito

Local: Centro Cultural Sistema Fiep (Black Box) – Unidade Dr.Celso Charuri

Endereço: Rua Paula Gomes, 270

 

Agreste​

O agreste pode ser vários lugares, assim como Marcélia Cartaxo pode ser várias mulheres. A atriz é colocada frente à natureza e outras figuras femininas, duplos seus em alguma instância. Desses encontros surgem novas possibilidades de se operar no mundo da representação.

Data: 31 de julho

Horário: 19h

Duração: 01h18min

Classificação: livre

Valor: gratuito

Local: Centro Cultural Sistema Fiep (Black Box) – Unidade Dr.Celso Charuri

Endereço: Rua Paula Gomes, 270

 

Exilados do Vulcão

Ela conseguiu salvar do incêndio uma pilha de fotografias e um diário com frases escritas à mão. Essas palavras e rostos são os únicos rastros deixados pelo homem que ela um dia conheceu e amou. Cruzando montanhas e estradas, ela tenta refazer os passos dele. Os lugares que ela visita carregam pessoas, gestos, lembranças e histórias que, pouco a pouco, se tornam parte de sua vida.

Data: 1 de agosto

Horário: 19h

Duração: 2 horas

Classificação: livre

Valor: gratuito

Local: Centro Cultural Sistema Fiep (Black Box) – Unidade Dr.Celso Charuri

Endereço: Rua Paula Gomes, 270

 

Monsanto (2008) | Memória da Memória (2013) | Bate-papo com Paula Gaitán

Monsanto

A passagem pela cidade de Monsanto, em Portugal, é marcada pelo entrelaçamento da natureza com memórias involuntárias.

Memória da Memória

Aquele que não tem limites, pleno de afeto e imaginação.

*Encerramento da Mostra | 20h | Bate-papo com Paula Gaitán.

Data: 2 de agosto

Horário: 19h-20h

Duração: 2 horas

Classificação: livre

Valor: gratuito

Local: Centro Cultural Sistema Fiep (Black Box) – Unidade Dr.Celso Charuri

Endereço: Rua Paula Gomes, 270

 

Cinema

 

Mostra Paralela / Paula Gaitan

Serão exibidos na Galeria do Centro Cultural Sistema Fiep, filmes da artista Paula Gaitan, das 14h às 22h, em looping. Confira a programação:

 

Uaka (Doc/ 1988/ 1h17min)

No Xingu, todos os anos se celebra na aldeia kamaiurá o Quarup, grande acontecimento festivo no qual os homens roubam o fogo divino, espalhando-o pela terra. Nove tribos participam do ritual ao som das flautas uruá, com a participação dos pajes Tacumã, Sapaim e Prepori, entre outros.

 

Lygiapape (Doc/ 1991/ 43min)

O filme parte de instalações de Lygiapape para recriar seu universo visual e sonoro.

 

Eliane Radigue  (Doc/ 2008/ 25min)

Paula Gaitán encontra Éliane Radigue, uma das mais importantes compositoras da música experimental.

 

Vida (Doc/ 2008/ 1h07min)

Vida é um filme sobre a atriz brasileira Maria Gladys. Vida é luz e sombra. Vida é um filme de celebração, uma homenagem à potência de estar viva, uma reflexão do que é ser uma atriz brasileira e a possibilidade de se doar com paixão e criatividade. A construção da ação poética do ator como um grito de liberdade que ilumina.

 

Kogi (Doc/ 2009/ 13min)

Kogi é uma viagem imaginária à nação indígena Kogi situada na Serra Nevada de Santa Marta na Colômbia. Para os Kogi, existe um grande espelho que divide dois mundos, o mundo das percepções, sensorial, do mundo abstrato dos significados, nomeado de Aluna.

 

Noite (Exp/ 2014/ 1h23min)

“Porque a noite pertence aos amantes. Porque a noite pertence à luxúria. Porque a noite pertence aos amantes. Porque a noite pertence a nós”. (Patti Smith)

 

A Chuva no Meu Jardim, Agnés Varda (Doc/ 2015/ 29min)

Em outubro de 2014, tivemos a oportunidade de conversar com Agnès Varda em sua casa na rue Daguerre em Paris. “La pluie dans mon jardin” é resultado desse encontro.

Data: 30 de julho a 02 de agosto

Horário: 14 às 22h

Duração: 8 horas

Classificação: livre

Valor: gratuito

Local: Centro Cultural Sistema Fiep (Black Box) – Unidade Dr.Celso Charuri

Endereço: Rua Paula Gomes, 270

 

 

Sesi Cultura | Teatro Sesi Portão

 

Programação cultural do mês de Julho de 2019

 

Cinema

CineClube – Fantasia

Com curadoria de Luiz Gustavo Vilela, a programação do Cineclube Sesi no Teatro Sesi Portão traz durante o mês de julho sessões sobre o mundo mágico da fantasia. Confira a seleção de filmes abaixo:

           

A Princesa Prometida

No filme “A Princesa Prometida”, um menino, Westley, vira pirata para salvar sua amada, Buttercup, das garras de um príncipe terrível. Para se reencontrar, o casal deve lutar contra os demônios de um reino místico. Uma aventura de conto de fadas sobre uma linda jovem e seu amor verdadeiro.

Datas: 17 de julho  

Horário: 19h

Duração: 98 minutos           

Classificação: livre

Valor: gratuito

Local: Teatro Sesi Portão

Endereço: Rua Padre Leonardo Nunes, 180 – Portão

Observação: retirar ingresso com 1 hora de antecedência (sujeito a lotação)

 

O Jardim Secreto

O filme “Jardim Secreto” é uma adaptação do clássico conto de fadas homônimo de Frances Hodgson Burnett. A obra conta a história da orfã Mary Lennox, enviada para viver com seu tio em sua mansão. Um lugar cheio de segredos e mistério. Mary descobre que tem um primo doente que ela desconhecia e que existe no local um jardim abandonado, que a jovem insiste em  trazer de volta à vida.

Datas: 24 de julho  

Horário: 19h

Duração: 101 minutos         

Classificação: livre

Valor: gratuito

Local: Teatro Sesi Portão

Endereço: Rua Padre Leonardo Nunes, 180 – Portão

Observação: retirar ingresso com 1 hora de antecedência (sujeito a lotação)

 

A Princesinha

O filme “A Princesinha” conta a história de Sara Crewe, uma menina que é obrigada a viver em um internato em Nova York quando seu pai é convocado para a guerra. Enquanto tenta se adaptar às regras do local, ela faz amizades e inimizades, encontrando em sua imaginação a liberdade para mudar o mundo ao seu redor.

Datas: 31 de julho  

Horário: 19h

Duração: 97 minutos           

Classificação: livre

Valor: gratuito

Local: Teatro Sesi Portão

Endereço: Rua Padre Leonardo Nunes, 180 – Portão

Observação: retirar ingresso com 1 hora de antecedência (sujeito a lotação)

 

 

Projeto Infantil

Tardes Brincantes

Pelo segundo mês consecutivo o teatro Sesi Portão recebe no dia 13, das 13h às 18h, uma tarde brincante que envolve atividades gratuitas para as famílias: contação de histórias, oficinas e espetáculos teatrais.  A idade indicada é para crianças a partir de 7 anos.

Confira os detalhes da programação para o mês de julho:

 

Contação de Histórias

 

Contos Populares

Com Rafa Di Lari  (13h às 14h)

O contador de histórias Rafa Di Lari apresenta contos populares que viajam o mundo, partindo do Japão, passando para visitar os ingleses na Inglaterra, viajando até África e Espanha e, principalmente, visitando o Brasil.  As contações de histórias são realizadas com o suporte de instrumentos sonoros, objetos e a expressividade da voz e dos gestos.

 

Oficina

Gravuras para crianças: Construção de Turbante

Com Manu Assini Dias  (14:30h às 16:30h)

Com base na cultura afro-brasileira, a oficina “Gravuras para crianças: Construção de Turbante” propõe a construção de turbantes com carimbos confeccionados em diversos materiais (papel, EVA, isopor, folhas secas, cola, tesoura etc). Será desenvolvido pelo menos um carimbo por participante. A oficina também contará com carimbos já produzidos previamente com imagens relacionadas aos símbolos pertencentes à cultura africana (símbolos Adinkras).

 

Espetáculo

 

Espetáculo Os Malasartes

Barbas de Molho Produções (das 17h às 18h)

O espetáculo “Os Malasartes” apresenta – por meio do teatro, da contação de histórias e da música – cinco histórias do famoso personagem Pedro Malasartes em suas andanças pelo país e sempre carregando as suas espertezas na luta pela sobrevivência diária. De maneira ágil, simples e divertida, o espetáculo preserva a tradição das narrativas populares para crianças, jovens e adultos.