O Teatro Glauco Flores De Sá Brito – Miniauditório recebe de 6 a 22 de março, às sextas, sábados e domingos o clássico de Plínio Marcos “Dois Perdidos Numa Noite Suja”. Com direção de Silvia Monteiro,  traz no elenco William Barbier e Wenry Bueno para contar a história de Paco e Tonho.  

Dois perdidos numa noite suja

Sinopse

Inspirado no conto O Terror de Roma, do escritor italiano Alberto Morávia, Plínio Marcos constrói o seu drama urbano, Dois Perdidos Numa Noite Suja. A história gira em torno de dois personagens, completamente distintos, que têm o seu destino cruzado por acaso – Paco, um mau caráter metido a malandro, que jura ter alma de artista, e Tonho, um pobretão metido a coitado, que sai de sua cidade no interior e vem para a capital em busca de um trabalho que lhe dê dignidade. Ambos partilham um quarto numa pensão barata.

Djavan retorna em março a Curitiba em turnê com clássicos e inéditas 

Durante o dia trabalham como carregadores no mercado e à noite, no muquifo, discutem sobre as suas vidas, trabalho e sonhos.A relação entre os dois é conflituosa, como salienta o crítico Alberto D’Aversa, ao falar sobre a peça: “… extremo fatal e inexorável de uma realidade que condena. (…) O final da peça é a hemorragia do câncer. Impiedoso. Cruel. Anti-romântico.”

 

Ficha Técnica

“Dois Perdidos Numa Noite Suja”

Texto:Plínio Marcos  

Direção:Silvia Monteiro  

Elenco:William Barbier e Wenry  Bueno 

Cenografia:Guenia Lemos 

Iluminação:Cleber d’ Freitas 

Sonoplastia: Ilton Correia   

Diretora de Produção:Edy Nascimento 

Produção Executiva:William Barbier 

Operador de Luz: Nathan Balaguer  

Estagiarios: Mariana Venâncio, Marcella Perbich 

 

Serviço

Local: Glauco Flores De Sá Brito – Miniauditório
Data: 06 a 08, 13 a 15, 20 a 22 de março de 2020
Horário: Sextas e sábados , às 20h00 e domingos, às 19h00I
Ingressos: R$ 40 e  Lista amiga: R$ 15,00
Venda de Ingressos: Ticket Fácil