Diversas incertezas têm assombrado o setor cultural. Mas, em tempo de crise, a arte é, e sempre será o âmago constituinte diante da perplexidade. Na música, os reflexos destas hesitações têm aproximado artistas, produtores, agitadores, marcas e entidades culturais para discutir propostas e efetivar soluções rápidas e paliativas.

Financiamento coletivo, festival online, campanha para o consumo musical nas plataformas de streaming, se inscrever nos canais do Youtube, compra de produtos pelas redes e sites oficias de artistas, não solicitar o reembolso de convites já adquiridos, são algumas, entre as tantas ações que, impulsionam a sustentabilidade do mercado musical, durante e após a quarentena.

O Música é o Canal selecionou alguns festivais onlines, selos, canais no Youtube, gravadoras entre outros meios online do setor musical de Curitiba, onde você pode impulsionar e consumir os produtos artísticos ao longo das semanas. Confira a lista!

Envie sugestões de pautas no [email protected]. Siga o #MEC no Facebook, Instagram e se inscreva no canal do Youtube!

Quarentena Cultural

Com programação confirmada até o dia 21 de abril, o projeto, Quarentena Cultural, apresenta mais de 60 artistas da música, teatro, performance, dança, circo e ainda, contação de história, aulas de yoga e dicas sobre o cenário da mobilidade urbana.

Com transmissão ao vivo pelo Instagram a Quarentena Cultural é uma iniciativa do do espaço Itupava1299, Terraço Verde e Propulsão Local, representados por João Paulo Mehl e Rachel Bragatto. O projeto conta também, com o apoio da Effex Tecnologia e Criação de Luigi Castel e Luana Godin.

Do cenário musical, ao longo deste final de semana, se apresentam, Janine Mathias (27), Movimento Uniformemente Variado (28), Jô Nunes (28), Bruna Luchesi (29) e Nathan Milléo Gualda (29). A curadoria e produção musical é assinada por Luana Godin que, ao lado de Felipe Pazello – representante da CultivArte e apoiador da iniciativa – compartilham a abertura das lives na rede.

Para contribuir (a partir de R$15) com o financiamento coletivo do projeto e receber recompensas, clique aqui. Confira a programação completa da Quarentena Cultural no Instagram.

Festival de Samba Online 

Com transmissão ao vivo pelo Instagram, bambas de toda a Curitiba e RMC tem se encontrado no Festival de Samba Online. Idealizado pelos canais, Onde Tem Samba CWB e Samba Curitiba, os artistas interessados em se apresentar e também, para auxiliar na viabilização do projeto, os contatos devem ser feitos pelas redes dos idealizadores.

Jay Ferreira, Pedro Menezes, Rubia Divino, Lucas Ferraz, Pedro Menezes, foram alguns dos artistas que já se apresentaram nas lives. Neste sábado, a cantora e compositora Amanda Cortes (28) se apresenta no Festival, a partir das 20h.

Sofar Sounds Curitiba

Em 2020, o Sofar Sounds Curitiba completa seis anos de experiências musicais na cidade, com o propósito de realizar shows intimistas, ocupando diversos espaços e mobilizando a economia local de todos os envolvidos.

Fundado em 2009, a primeira edição do Sofar Sounds aconteceu na sala de estar do cofundador do projeto, Rafe Offer, e hoje em dia, acontece em mais de 400 cidades em todo o mundo.

Em Curitiba, a produtora cultural e curadora musical, Aline Valente além de ser a embaixadora do Sofar Sounds Curitiba, também é a responsável por realizar no Brasil, a coletânea, Sofar Curitiba (Songs From a Room), Vol. I [Ao Vivo].

O álbum traz versões exclusivas da edição curitibana com a participação de Janine Mathias, Mulamba, Tuyo, Luana Godin, Estrela Leminski e Téo Ruiz, Machete Bomb, entre outros nomes da cena.

RROOMM

Nos formatos, documental e sessions, o RROOMM tem mais de 8 mi de views no Youtube. Lançado em 2016, atualmente, o conteúdo produzido pelo canal apresenta o cenário da música contemporânea com o intuito de conectar diferentes experiências sonoras.

Com mais de 100 vídeos, Amira Massabki, Julia Branco, Mestiça, José Navarro, Bia Ferreira, Thaïs Morell, Klüber, entre outros nomes da atual cena musical, já participaram dos episódios.

Tenda 

Um dos principais canais de música do país, e no ar há mais de dez anos e com quase 1 mi de views no Youtube, o Tenda apresenta semanalmente diversas bandas e artistas do cenário underground. Idealizado por Lyrian Oliveira e Mario Oliveira, a estreia aconteceu em junho de 2012, com a banda Crackerjack.

Seguindo à risca, o formato do Tenda segue até hoje com entrevistas e apresentações ao vivo. Entre os mais de 300 episódios, Quintal Alagado, Poison Beer, Os catalépticos, Motorocker, Namastê, Confraria da Costa e The Secret Society são alguns dos envios mais famosos do canal.

Onça Discos 

Idealizado por Matheus Mantovani, Kelvin de Souza e Rodrigo Ribeiro Pinto, o selo curitibano, Onça Discos foi fundado em 2016 com o intuito de projetar e auxiliar o projeto de novos nomes da cena musical.

Com distribuição de álbuns e EPs nas plataformas de streaming, a Onça Discos também realiza em Curitiba, diversos encontros musicais, onde produzem o registro audiovisual e compartilham no canal oficial do selo no Youtube.

Das produções, nomes como Francisco Okabe, Charles Racional, Rubia Divino e Denis Mariano, são alguns dos projetos no portfólio da Onça Discos.

Play 31 Glanstudio

Fundada em 2015 pelos músicos, Andressa Red Dress Novak, Rodrigo Chacal Freak e Rodolfo GG Valentino Hunter, a Play 31 Glanstudio é uma produtora que vai muito além da proposta de ser um estúdio de ensaios e gravações. Em 2015, quando lançaram o canal no Youtube, clipes, bastidores de shows, entrevistas com registros audiovisuais exclusivos, foram algumas das ações divulgadas pelo canal.

Gramofone 

Formado por Alvaro Ramos, Fred Teixeira, Valderval e Dani Zandonai, desde 1988 a Gramofone se tornou uma das principais produtoras artísticas de Curitiba. Com atuação no mercado publicitário, produção musical e ações de pesquisa na arte educacional, em mais de 30 anos, a Gramofone é o selo responsável por elaborar e idealizar, inúmeros álbuns de artistas de toda a cena musical.

João Triska, Ciro Morais, Cida Airam, Garibaldis e Sacis, Braseiro, Silvio Biondo, Daniel Migliavacca, Nymphas, Tao do Trio, Thayana Barbosa, são alguns artistas que integram o portfólio da Gramofone.

Neste ano, no canal da Gramofone+ no Youtube, a produtora lançou o projeto Sessions com o intuito de apresentar música ao vivo e entrevistas, no formato black box. A estreia, foi com o cantor e compositor, Nanan. Para conhecer e adquirir os álbuns físicos, acesse o site oficial.

No Estúdio do Troy 

Um dos pioneiros em Curitiba, No Estúdio do Troy foi um dos primeiros canais no Youtube da música produzida em Curitiba. Com mais de 2 mi de views, o projeto é uma realização entre Troy Rossilho, WTF?!filmes e Chico Santarosa.

Embora o último registro do canal tenha sido há cinco anos, No Estúdio do Troy foi o canal responsável por projetar diversas bandas e artistas da primeira década dos anos 2000. A Banda Mais Bonita da Cidade, O Lendário Chucrobillyman, Ana Larousse, Simone Magalhães, Copacabana Club, Janaina Fellini, Vilma Ribeiro, e diversos nomes, integram os episódios.

Ultra Sonoros

Lançado há menos de um ano, o canal Ultra Sonoros lançou em junho de 2019, no Youtube, o projeto, Smart Sessions, com intuito de exibir conteúdo da música e luteria, em forma de ensaios, tutoriais, apresentações e reflexões.

A primeira temporada apresenta mais de 30 episódios com diversos artistas, entre eles, Dani Zan, Lemoskine, Titcho Looper, Lucian Satan, Bruna Lucchesi, Madayati, Janine Mathias, Matheus Braga, e vários nomes da música. Toda terça-feira, o canal divulga um novo episódio. Para se inscrever, clique aqui.

Ao Vivo na Capela 

Com apenas uma temporada, o projeto Ao Vivo na Capela, reuniu ao longo de 2016 e 2017, vários artistas e bandas de Curitiba, com o intuito de produzir videoclipes em parceria, com a revista, Rolling Stone e a Fundação Cultural de Curitiba.

Ao todo foram 17 episódios gravados, no palco da Capela Santa Maria, com apresentações de Iria Braga e Davi Sartori, Jenni Mosello e Maycon Ananias, Monreal, Lydio Roberto e Du Gomide, Escambau, Rosie Mankato entre várias outras sonoridades. Assista todos os clipes, clicando aqui.

Som do Arame 

Com direção executiva, produção e concepção de Felipe Pazello (Cultivarte), em 2017, estreou no Youtube, a série de clipes, Som do Arame. Gravado no palco da Ópera de Arame e com a missão de ocupar espaços e gerar som e movimento, o projeto divulgou até o final de 2019, clipes da Mulamba, Francisco El Hombre, Ni Saales, Cuatro Pesos de Propina e Machete Bomb.

Red Records 

Com foco no mercado estrangeiro, o CEO da Red Records, Orlando Custódio é o responsável por criar e desenvolver em Curitiba, a produção e apoio logístico de eventos, com atrações nacionais e internacionais. Além dos shows, parcerias e produções, a produtora Red Records atua com as bandas The Secret Society e Brave Heart.

Sinewave

Fundado em 2008, o selo virtual Sinewave traz em seu catálogo, mais de 170 trabalhos lançados. Com atuação em todo o país, em Curitiba, as bandas, ruído/mm, This Lonely Crowd, Duelectrum, Giant Gutter From Outer Space e Black Sea, integram o selo. No canal do projeto no Youtube, também está disponibilizado diversos registros de shows. Se inscreva aqui.

Ruído CWB

Desde 2011, o selo Ruído CWB desenvolve em Curitiba, diversos projetos multi-culturais: Festival Ruído nas Ruínas, Festival Internacional Ruído EnCena, Combo Drag Week, Ruído Mostra MultiArtes, entre várias outras realizações próprias e parcerias.

Há sete anos, o selo lançou no Youtube, o projeto, Ruído Sessions, com apresentações exclusivas de vários artistas. Entre eles, Uh La Lá!, Confraria da Costa, Giovanni Caruso e o Escambau, Locomotiva Duben, entre outros.

Vento Sonoro 

Idealizado pelo O Grande Primata Estúdio Itinerante em realização com o Escritório de Criação, Vento Negro Produções, Casa Quatro Ventos e apoio do selo Ruído CWB, em 2018, estreou no Youtube, o canal, Vento Sonoro.

O projeto apresenta versões acústicas de artistas e bandas, com a apresentação e entrevista do jornalista e apresentador, Lucas Cabaña. Na primeira temporada, os episódios com Leo Fressato, Kendri Albuquerque e Davi Henn, já foram disponibilizados.

DJ Room TV

Inspirado nos livestreams mundiais e fundado pelo DJ Fabio Marn, em 2013, o canal do Youtube, DJ Rooom TV começou a transmitir – no formato on the road – eventos com os principais nomes da cena eletrônica. Com diversas temporadas, no canal, é possível acompanhar as transmissões dos formatos, DJ Room Talk Show, DJ Room Radio Show e Hot Sets.

Blend 

Idealizado pelo DJ Morenno Mongelos, a Blend teve início neste ano no espaço cultural, Nada Nada Nada com o intuito de mixar música e pessoas. Com a participação de DJs e artistas de diversos estilos, a Blend, divulgou no Youtube, na íntegra, a performance de Mitay, Sonikcuts, Bill, Naomi, Nath Picoli, Dow Raiz, Sydney Sousa e Clemente.

Mão Santa 

Idealizador da Mão Santa Produções, Ganesh Toresin é o responsável pelo selo que surgiu no mercado em 2013. Na época, o intuito era divulgar o cenário da música eletrônica, glitch-hop, e principalmente, do dubstep.

No bandcamp do projeto, é possível comprar álbuns, EPs e singles de diversos nomes da cena. Entre eles,  Atômico Mc, Escurinho, Totonho, Alex Madureira, Marinho, Ze Guilheme, JR Espínola, Arupemba, Nectar do Groove, Cabes MC, D-Solution, FEAR & Doping High.

Track Cheio

Responsável por projetar e impulsionar a carreira de Janine Mathias, Luis Cilho, Ant, Laudz, Alienação Afrofuturista, Karol de Souza, Zé Viagem, Cadelis, Menor, entre vários outros nomes do RAP, a Track Cheio é uma dos principais selos na história da música em Curitiba.

Idealizado há mais de 15 anos, pelo produtor e MC Cabes, a Track Cheio, lançou entre os anos de 2005 e 2013, mais de 50 projetos, entre coletâneas, EPs, singles e mixtapes.  Além do site oficial – onde é possível ouvir todo o catálogo – no canal do Youtube tem clipes, making off de gravações e registro de shows.

Trajano Hells 

O selo Trajano Hells, foi consolidado oficialmente, neste ano. Mas, a história do projeto começa em 2014, com o músico, Willian Pelacini [Beer] – responsável por idealizar, na época, a Trajano Records. Ainda assim, nos idos do selo, Insônia Records e Super Trampo Records foram os nomes que sucederam o projeto.

Seis anos depois, além de produzir e colaborar com diversas produções e selos, a Trajano Hells ganhou neste ano, a primeira edição da revista homônima ao selo.

Assim como selo, o impresso traz a proposta de gerar visibilidade ao cenário underground e principalmente, aos artistas do punk curitibano. Buhler, Drunken Sailor’s, Projeto Trator Corifeu, Renegados do Folk, são alguns dos projetos musicais de artistas lançados neste ano, pelo selo. Se inscreva no canal da Trajano Hells.

Lapaz Records

Com mais de 20 anos de atividades em Curitiba, a Lapaz Recrods é um dos selos pioneiros na capital, principalmente no cenário do RAP. Formado por, Eibe Lapaz, Porto, Dj Porate, Juanito, Lia Vitória, Rap’aração Sonora, Seumudezu, Contravenção Kayque Cobone e Atributos. Hoje em dia, focada na produção de beats e clipes, no canal da Lapaz Records, estão dosponíveis algumas produções do selo.

Cholo Records

Sob a coordenação de Miguel Laginestra, a Cholo Records surgiu em 2015, impulsionando a cena do rock curitibano. Entre as produções de destaque, em 2015, o selo lançou um compacto em vinil 7′ das bandas Ovos Presley e Psychors. No mesmo ano, a banda Garden Of The Eatingtapes divulgou pela Cholo Records o segundo álbum, Faster Tha Ligth. Siga a página e conheça.