O Teatro Positivo recebe no dia 27 de junho, a Boston Philharmonic Youth Orchestra. Sob regência do maestro Benjamin Zander, a filarmônica é a primeira atração internacional de 2019 da série Clássicos Positivo, que oferece aos paranaenses uma programação anual de concertos eruditos de alta qualidade.

Boston Philharmonic Youth Orchestra

Formada em 2012, a Boston Philharmonic Youth Orchestra (BPYO) já se estabeleceu como um fator significativo no tecido cultural e educacional de Boston e arredores.

A estreia do conjunto, no Carnegie Hall de Nova York, aconteceu em dezembro de 2013, ensejando ao crítico do The New York Times o comentário de que a BPYO “tocou com maturidade e coesão muito acima do esperado para a sua idade”, qualificando seu desempenho na Quinta Sinfonia de Shostakovich como “brilhantemente executado, com muita entrega e enriquecido com cordas sedosas, metais robustos e solos eloquentes.”

O lema da BPYO é “moldar os líderes do futuro por meio da música”. Complementando suas atribuições musicais, os membros da BPYO se dedicam a exercícios semanais de liderança com o maestro Zander. Eles mantêm um intercâmbio de ideias, oportunidade em que são convidados a refletir sobre os encargos da liderança e a oferecer um feedback sobre o processo de ensaio e suas experiências, tanto musicais quanto de vida. Esses diálogos levam frequentemente a discussões estimulantes sobre liderança pessoal e contribuição efetiva.

A idade dos 112 membros da BPYO varia entre 12 e 21 anos. Eles são escolhidos por meio de um processo de audições altamente seletivo. Frequentam escolas de toda a Nova Inglaterra e se reúnem nas tardes de sábado para ensaios de naipes ou de orquestra completa no Instituto Benjamin Franklin de Tecnologia, no South End de Boston.

A orquestra tem como solista a ucraniana Anna Fedorova, uma das mais importantes pianistas jovens do mundo. No programa, obras de Richard Wagner, Sergei Rachmaninov e Dmitri Shostakovich.

 

Benjamin Zander, regente

Zander fundou a Filarmônica de Boston em 1978 e atua como regente convidado em orquestras de todo o mundo. Suas interpretações inspiraram milhares de músicos, renovaram seu senso de idealismo e lançaram uma nova luz, frequentemente perspicaz e provocativa, sobre a interpretação do repertório sinfônico central dos séculos XIX e XX. Críticos e o público têm sido unânimes nos elogios às interpretações de Zander deste repertório.

Ao longo de vinte e cinco anos, Zander manteve uma relação única com a Philharmonia Orchestra, gravando uma série de sinfonias de Beethoven e Mahler. A publicação especializada High Fidelity indicou seu registro da Sexta Sinfonia de Mahler como “a melhor gravação clássica” de 2002; a Terceira foi premiada com o “Escolha da Crítica” pela Associação Alemã de Críticos de Gravações. Já seus registros das Segunda e Nona de Mahler e da Quinta de Bruckner foram indicados para prêmios Grammy.

Em 2012, Zander fundou a Boston Philharmonic Youth Orchestra (BPYO), que atrai jovens músicos de todo o nordeste dos Estados Unidos para seus ensaios semanais e apresentações de alto nível em Boston.  

 

Anna Fedorova, piano

Anna Fedorova é uma das mais importantes pianistas jovens do mundo. Desde cedo, ela demonstrou uma maturidade musical inata e excelente desempenho técnico. Era ainda uma criança quando viu decolar sua carreira de concertista internacional, deixando o público em todo o mundo estupefato com a profundidade e poder de sua expressão musical. Os críticos elogiaram sua “doce modéstia e expressão selvagem”, que deixou os ouvintes “completamente tomados de espanto e surpresa”.

 

Clássicos Positivo

Idealizado pelo Grupo Positivo, o projeto cultural Clássicos Positivo traz concertos de música clássica da mais alta qualidade para o Teatro Positivo, em Curitiba. Com esse projeto, o Grupo Positivo reforça seu posicionamento enquanto incentivador da cultura no Paraná, investindo na promoção e no desenvolvimento de novas plateias eruditas. Até o final do ano serão nove atrações de reconhecimento internacional, como a English Baroque Soloists, sob o comando do regente Sir John Eliot Gardiner, que se apresenta também com o Monteverdi Choir, no dia 19 de novembro.

Os ingressos já estão à venda na bilheteria do teatro e no Diskingressos. A produção da turnê é assinada pela Dell’Arte.

 

Programa

Richard Wagner

Abertura de Os Mestres Cantores

 

Sergei Rachmaninov

Concerto para piano e orquestra Nº 2 em Dó menor, op. 18

Maestoso

Adagio sostenuto

Allegro scherzando

Solista: Anna Fedorova

 

Dmitri Shostakovich

Sinfonia Nº 10 em Mi menor, op. 93

Moderato

Allegro

Allegretto

Andante – Allegro

 

Serviço

Boston Philharmonic Youth Orchestra

Benjamin Zander, regência

Anna Fedorova, piano

Local: Teatro Positivo – Rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, 5.300 – Campo Comprido

Data: 27 de junho, quinta-feira

Hora: 20h30

Ingressos 3315-0808.

Preços:

Plateia Inferior Amarelo A: R$ 260,00

Plateia Superior Amarelo A: R$ 160,00

Plateia Inferior e Superior Verde B: R$ 50,00 (limitado a 20% da lotação)

 

Descontos:

50% para Programa de Benefícios do Teatro Positivo:

/ Estudante / ID Jovem / Idoso / Cartão Clube Diskingressos / Doador de Sangue / PNE / Portador de Câncer / Professor

30% site Dell’Arte: Desconto de 30% para compra de até 02 ingressos exclusivo para site Dell’Arte (mediante apresentação do

email na entrada do teatro). O cliente pode imprimi-lo ou salvá-lo em seu celular. Desconto válido em todos os pontos de venda.

Vendas:

Aceitam-se cartões de débito, crédito e pagamento em até 3 parcelas com acréscimo. Não serão aceitos cheques. Ingressos já à venda na bilheteria do Teatro ou nos Quiosques do DiskIngressos nos Shoppings Mueller,Palla dium e Estação, pela internet www.diskingressos.com.br ou por telefone DiskIngressos 3315-0808.