O legado de Paulo Leminski é tamanho, que o poeta quebrou barreiras e ganhou o país. Neste ano, ele completaria 80 anos, mais precisamente no dia 24 de agosto, data que será comemorada com um festival especial que vai reunir grandes nomes da música no maior palco aberto da América Latina, a Pedreira Paulo Leminski, espaço de música, arte e natureza que leva o seu nome.

O Festival Paulo Leminski 80 Anos vai contar com manifestações artísticas de diversos gêneros. Na música, o line-up deve ser divulgado por completo em breve, mas grandes nomes já estão confirmados, como Arnaldo Antunes, Paulinho Boca de Cantor, Zeca Baleiro e Estrela Leminski, com o show Leminskanções.

paulo-leminski-poeta-curitibano
Foto: Nani Goes/Arquivo.

Poeta, escritor, compositor, músico, jornalista, crítico literário e publicitário, o artista curitibano sempre atuou como uma voz influente na cena, ultrapassando os limites geográficos da cidade e conquistando seu espaço no âmbito nacional e, até, internacional.

Por isso, além das apresentações musicais de artistas cujas obras foram influenciadas pelo curitibano de alguma forma, o festival em homenagem a Leminski também vai ter feira literária, recitais de poesia e slam e performances artísticas.

Arnaldo Antunes, considerado um dos principais compositores da música brasileira sempre foi um grande admirador de Leminski. O músico, e também poeta, já deu voz a alguns dos poemas do artista curitibano, como é o caso da faixa “Luzes”, além de ter participado do livro “A Linha que Nunca Termina: Pensando Leminski”, que reuniu um grupo de 43 autores com a proposta de revisitar a obra do escritor paranaense com múltiplas abordagens, por meio de poemas, ensaios, depoimentos, análises, entre outros. No Festival Paulo Leminski 80 anos, Arnaldo Antunes promete uma apresentação que contempla poemas e hits de seus mais de 40 anos de carreira, como “Pulso”, “Alma”, “Beija Eu”, “Velha Infância”, “Comida”, entre outros.

arnaldo-antunes-festival-paulo-leminski-curitiba
Foto: Divulgação.

Um dos fundadores do grupo de MPB Novos Baianos, Paulinho Boca de Cantor, cujo álbum “Acabou chorare” foi considerado como o Melhor Disco feito no Brasil em todos os tempos, pela Revista Rolling Stone, em 2007, trará para a Pedreira Paulo Leminski a emoção em forma de música para poder homenagear um dos seus ícones da escrita.

O cantor e compositor Zeca Baleiro também é outro admirador das obras de Leminski, já tendo musicado o poema “Reza” do curitibano. Com 26 anos de carreira, 15 discos de estúdio lançados e um Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Popular Brasileira (2021), o artista maranhense é conhecido por sucessos como “Telegrama”, “Ai Que Saudade d’Ocê”, “Lenha”, entre outros, e no festival fará uma participação especial no show “Leminskanções”, de Estrela Leminski.

A cantora, compositora e filha de Paulo Leminski, apresenta um show em homenagem ao pai, marcando os 10 anos do lançamento do álbum “Leminskanções”, que conta com uma rica seleção das composições de Leminski, com faixas como “Desilusão”, “Filho de Santa Maria”, “Ogum”, entre outros.

“Esse é um festival único, preparado especial para celebrar os 80 anos de história do meu pai. É uma grande honra poder apresentar um show tão significativo no mesmo palco de artistas que foram influenciados por suas obras e, também, em um lugar que leva o seu nome. Será um festival que celebra a vida”

comenta Estrela Leminski.

O line-up completo será divulgado por meio das redes sociais oficiais do festival, no instagram, assim como pelo site oficial.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Festival em comemoração pelos 80 anos de Paulo Leminski confirma Arnaldo Antunes e outros nomes em breve

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.