Morreu, aos 69 anos, o ator, diretor, cenógrafo e dramaturgo curitibano Enéas Lour. Com 50 anos de carreira, Lour teve boa parte de sua trajetória alinhada ao Teatro Zé Maria, que faz parte do Centro Cultural Teatro Guaíra. Ele enfrentava um câncer e estava internado no Hospital Nossa Senhora das Graças.

eneas1
Enéas Lour morreu aos 69 anos – Foto Divulgação/AEN

Lour reuniu em sua trajetória 48 peças escritas e 30 delas encenadas. Sobre seu próprio processo criativo, afirmou: 

“Todo dia eu acordo e, tomando meu café, escrevo. Encaro como uma obrigação diária minha profissão. Algumas coisas eu coloco na rede social e outras eu guardo”,

Eneás Lour

Um de seus grandes sucessos foi “Trecentina”, enorme sucesso de público em quatro temporadas (de 1994 a 1997), em parceria com Mário Schoemberger. Escrito logo depois de Curitiba comemorar 300 anos de fundação (1993), o texto brinca com espaços, termos e piadas curitibanas, provocando a reação da plateia de forma imediata.

O corpo está sendo velado no Teatro Guaíra até as 15 horas desta quarta-feira (19). O sepultamento está marcado para as 16 horas, no cemitério Parque Iguaçu.

Enéas deixa a esposa Fátima e os filhos Maíra e Gabriel. Fátima e Maíra são atrizes.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Morre o grande nome do teatro paranaense Enéas Lour, aos 69 anos

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.