Uma loja, que também é um museu, que é um copo cheio para quem ama cachaça. Localizado no bairro Uberaba, em Curitiba, o Templo da Cachaça é um lugar para os amantes e degustadores do destilado mais brasileiro que existe. Com 900 m², o local é distribuído em três andares, e surpreende a cada passo. Tem até um túnel secreto que leva a um verdadeiro acervo, com mais de 7 mil garrafas. Veja o vídeo abaixo.

templo-da-cachaca-curitiba-3
Foto: Lucas Sarzi/Banda B.

A ideia de ter uma loja que vendesse cachaça começou em 2015, quando foi inaugurado o espaço Regui Brasil. Apaixonado por cachaça, Orlando Osmar Regis queria expor a coleção que tinha, que na época beirava 4 mil exemplares de cachaça. 

Da exposição, surgiu a necessidade de mesas para fazer degustações e depois vieram os eventos e jantares mensais, reunindo amigos e entusiastas da cachaça de qualidade.

Aí a evolução foi natural: a coleção expandiu (atualmente são 7 mil rótulos), os frequentadores começaram a querer adquirir os produtos, veio a aquisição de barris de envelhecimento, as marcas próprias, e então surgiu a ideia de abrir a loja, que tem mais de 2 mil rótulos à disposição para compra dos mais exigentes degustadores. 

Orlando conta que há muita história nas cachaças brasileiras. Apesar disso, pouco se fala sobre a bebida, por conta de um estigma antigo.

“Nosso objetivo principal é divulgar e vender cachaças de qualidade. Democratizar o consumo da cachaça e seu uso na coquetelaria, além de contarmos um pouco da história das melhores cachaças do Brasil”

explica Orlando Osmar Regis.

A loja

Na loja, são mais de 2 mil rótulos à disposição dos apreciadores. O preço das cachaças varia de acordo com o método de produção, tempo de envelhecimento e técnicas utilizadas. Também entram nessa conta a embalagem, rótulo e divulgação. 

“Considerando somente as cachaças artesanais, há na loja exemplares de 40 reais até cerca de 3 mil reais. Mas há exemplares raros, para colecionadores, cujo preço varia sem limite, de acordo com a raridade e características específicas”

conta Lucia Regis, esposa de Orlando e sócia-proprietária do espaço.

No Templo da Cachaça, um dos rótulos que mais saem é o Trivisan, marca própria da Regui Brasil e centenária do Paraná. Uma das primeiras marcas paranaenses, a Trivisan foi resgatada por Orlando, que não quis deixar a história se perder.

“Ela é exclusivamente paranaense, de São José dos Pinhais. Depois de um tempo, por questões mercadológicas, os donos acabaram não dando continuidade. Fui atrás e consegui registrar essa marca novamente. Antigamente, eram muito conhecidos. Hoje temos muitas marcas, então nós elitizamos o produto para angariar outros clientes também. Não queria deixar morrer, porque não é justo que morresse uma marca centenária”

comenta Orlando.

Outra preciosidade que é vendida por lá é uma cachaça premiada. O destilado, Regui Brasil Carvalho Americano, que é oficial do Templo da Cachaça, ficou entre as três melhores cachaças do Brasil em uma premiação recente.

templo-da-cachaca-curitiba-11
Foto: Lucas Sarzi/Banda B.

Museu 

Além da loja, o Templo da Cachaça também abriga um museu, com mais de 2 mil rótulos de garrafas muito antigas, produzidas em diversas épocas: dos anos 50 até a década de 80. 

Conta com 250 rótulos produzidos nesta época na região agrícola de Curitiba, compreendendo a cidade, Região Metropolitana e litoral, como assim entendia o Ministério da Agricultura na ocasião. A curiosidade é que Curitiba nunca possuiu alambique registrado, mas tinha centenas de marcas, padronizadas e engarrafadas na cidade.

E quando você acha que acabou, só melhora: um túnel leva a outra parte, que abriga mais 7 mil garrafas. A ideia é que os visitantes possam ver de perto um pouco da história da cachaça. 

Para o museu, é necessário agendar a visita, especialmente para grupos. O preço é de R$ 30 por pessoa, que pode ser revertido em até 10% de desconto nas compras individuais efetuadas no dia pelo visitante.

Aulas, workshops e jantares 

Em pouco mais de um ano de atividade, o espaço acabou se tornando uma verdadeira fonte de conhecimento técnico e sensorial para os apreciadores de cachaça. Há material de estudos com degustações orientadas, cursos, exemplares raros, livros e muito networking de pessoas interessadas em cachaça para compartilhar ideias e conhecimento.

O espaço também promove eventos e aulas show com a curadoria da mixologista e master distiller Cissa Mariah. Entre os diversos cursos e formação, está o de especialista em “Cachaças e Madeiras”, pela LABM de Minas Gerais – um dos laboratórios mais renomados do país.

Além disso, uma vez por mês, o espaço promove jantares harmonizados com cachaça para reunir apreciadores e amigos, divulgando o consumo correto e consciente da cachaça como destilado de qualidade e o único legítimo do Brasil. Comida boa, música ao vivo e muita conversa comandam a noite.

Templo da Cachaça

O Templo da Cachaça fica na Avenida Senador Salgado Filho, 3156, no bairro Uberaba, em Curitiba. A loja e o museu funcionam de terça a sexta, das 13h às 18h, e aos sábados das 10h às 18h. O museu também funciona excepcionalmente durante os eventos previamente marcados. O contato é o (41) 99972-5055.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Loja e museu de Curitiba tem túnel secreto, com mais de 7 mil garrafas, no Uberaba; conheça o Templo da Cachaça

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.