Viver no bar é diferente de viver de bar. O primeiro é uma maravilha, o segundo também pode ser, mas dá muito mais trabalho do que a gente pensa.

Quem nunca teve a ideia de abrir um bar?!
Talvez até por frequentarmos e passarmos momentos felizes nesses ambientes, nutrimos o desejo de ganhar dinheiro com esse negócio, afinal muita gente já se pegou pensando, “não é possível que eu não ganhe dinheiro com esse negócio, olha o tanto que eu gasto com isso”.

Quem nunca teve a ideia de abrir um bar? Dá trabalho, mas confira aqui algumas dicas
Foto: Divulgação


Esse é o pensamento de diversas pessoas que se aventuram em abrir um bar, e está tudo bem esse ser um dos motivos, afinal precisamos de algum ponto de partida, todavia é necessário analisar melhor o que significa ter um bar.
O bar além de ser uma empresa como qualquer outra, está inserida no burocrático ecossistema fiscal e trabalhista brasileiro, é também entretenimento, local onde as pessoas buscam se divertir e, você dono de bar estará trabalhando e, se seu bar for um sucesso, trabalhando muito!
Mas os desafios não param por aí, a dificuldade de formar uma equipe consistente e engajada é imensa, estar em constante transformação e inovação também surgem como algo a ser superado, afinal milhares são os bares e, para ter sucesso é necessário se destacar de alguma maneira nesse concorrido mercado.


Dinamicidade é uma palavra essencial para o setor, onde negócios abrem e fecham diariamente. Para se manter vivo, é preciso estar sempre um passo à frente dos concorrentes, que não são poucos, cardápio diferente e chamativo, boas bebidas, decoração e excelência no atendimento também são essenciais para a vida longa dos bares.
É necessária uma análise mais profunda deixando a emoção de lado, quando se decide empreender abrindo um bar, ou mesmo um negócio gastronômico, pois muitas vezes a ideia glamorosa de ser dono de bar, não leva em consideração tais fatores, além de outras dificuldades comuns a todo tipo negócio.
Essa mensagem não é para desanimar ninguém e sim mostrar que os desafios são maiores do que um bate papo na mesa de bar sobre abrir um bar.

O autor

Afonso é fundador das redes Sirène. Foto: Divulgação

Afonso Natal Neto (@afonsonatalneto): Vivendo de bar desde 2016, fundador e sócio das redes Sirène Fish&Chips e Yabaiya, fundador e sócio do Na Feira bar e Nobaday Açai.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Quem nunca teve a ideia de abrir um bar? Dá trabalho, mas confira aqui algumas dicas

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.