A Orquestra de Cordas do Instituto Beija-Flor (IBF) fez nos últimos dias uma série de apresentações para agradecer o apoio recebido pela instituição ao longo de 2022. Atualmente, o grupo conta com 25 crianças, que executam composições clássicas e populares com violinos, violas e violoncelos.

Os instrumentistas mirins foram formados pelo músico Klaus Kaizer Schwerdtfeger e efetivaram no IBF a criação da primeira Orquestra de Cordas de Colombo-PR, cidade da Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Os integrantes são crianças em vulnerabilidade social – atendidas pelo IBF – e crianças da comunidade, interessadas em música.

orquestra de cordas
Divulgação

O projeto começou no início deste ano com aulas gratuitas e regulares no IBF. E, além de agradecer às instituições parceiras, as apresentações públicas servem ainda como uma espécie de ‘formatura’ para as crianças. O show foi apresentado nos shoppings Alto da XV Mall e Colombo Park Shopping; na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), que integra o IBF na disciplina do Projeto Comunitário para os alunos comporem 30 horas de trabalho voluntário; no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Maracanã, em Colombo; Acesso Saúde; e Keune Brasil.

Nesta quarta-feira, aconteceu uma apresentação no Residencial Vida Bella, de Colombo, em que os moradores arrecadam roupas usadas no projeto Eco Ponto da Moda, óleo de cozinha usado no projeto Eco Óleo e até lixo eletrônico. O material doado é comercializado posteriormente pelo IBF e a renda revertida para o atendimento das crianças.

“Estamos muito contentes de ver o projeto da Orquestra de Cordas entregar frutos para a comunidade. Além de ensinar música e ser um espaço de integração, o IBF proporciona às crianças que participam a oportunidade de valorizar sua autoestima, sua capacidade e gerar uma percepção nova do mundo. Essa transformação em cada criança está alinhada ao nosso objetivo de oferecer condições para o desenvolvimento criativo e contribuir para a construção de um mundo humanamente feliz”, declarou a diretora do IBF, Izabel Cristina Ferreira.

O IBF

O Instituto Beija-Flor foi criado em 2010 com objetivo de oferecer atividades educacionais e recreativas no contraturno escolar para crianças e adolescentes em vulnerabilidade social no município de Colombo-PR. Hoje, a instituição atende 65 pessoas com idades de 6 a 15 anos.

Além de apoio pedagógico, as crianças atendidas recebem quatro refeições diárias e educação socioemocional. Elas realizam também atividades que promovem a inclusão cultural e valorizam a ética, a paz, a cidadania, a democracia e outros valores universais. O IBF conta com uma equipe multidisciplinar e é financiado pela solidariedade de empresas e pessoas físicas de Curitiba e região.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Orquestra de Cordas com crianças do Instituto Beija-Flor faz apresentações na Grande Curitiba

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.