Dizem que sempre é tempo de ir em busca de um sonho. Para mostrar que isso é possível, a professora de circo Francielle Paredes reuniu alunas, de diversas idades e profissões, para apresentar “O Despertar de Sofia”, no próximo dia 20 de novembro, no Teatro Positivo.

circo o despertar de sofia (2)
Foto: Divulgação

O espetáculo reúne, em pouco mais de uma hora, números de dança e acrobacias aéreas. No elenco estão mulheres “comuns”, com idades que variam de 14 a 46 anos. Elas escolheram o circo como atividade física e foram desafiadas pela professora a mostrar, no palco, o que aprenderam.

“Aqui temos jornalistas, médicas, estudantes, advogadas, todo o tipo de profissão, para mostrar que não é só aquele artista que faz desde criança alguma atividade. Se você tem vontade de fazer alguma coisa hoje, não digo só o circo, é possível começar na idade que você tiver”, diz a professora.

Francielle era médica veterinária e decidiu mudar de profissão quando a rotina começou a não fazer sentido. Segundo ela, o espetáculo tem a intenção de passar a mensagem de que, muitas vezes, deixamos de fazer o que amamos por diferentes motivos, por isso é preciso reavaliar.

“Aquilo que a gente ama acaba ficando de lado. A gente começa a trabalhar e trabalhar, e quando vê o tempo passou e aquilo que você ama tanto, ficou para trás. ‘O Despertar de Sofia’ é uma forma de dizer que é possível recomeçar aquela dança, aquele teatro, aquele curso de pintura, que você amava fazer, ou até mesmo, em alguns casos, mudar de profissão”, afirma.

E quem é Sofia? “Sofia está dentro de nós. Dentro de você, dentro de mim. Sofia significa sabedoria e é justamente isso: a gente ter a sabedoria, o discernimento, de fazer a nossa vida profissional, mas também ter qualidade de vida, fazer o que a gente ama”, explica Francielle.

Com direção geral de Francielle Paredes, “O Despertar de Sofia” acontece no próximo dia 20 de novembro (domingo), às 19h, no Pequeno Auditório do Teatro Positivo. Os ingressos estão a venda pelo WhatsApp (41) 99692-9980.

circo o despertar de sofia (3)
Foto: Divulgação

Elenco

Amanda Galvão, fisioterapeuta, 22 anos
Beatriz Hartmann, estudante, 14 anos
Camilla Ganem, administradora, 41 anos
Camille Seleme, arquiteta, 28 anos
Carolina Scherer, estudante, 23 anos
Celiane Santini, professora de matemática, 30 anos
Débora Guidetti, fisioterapeuta, 25 anos
Fernanda Burigo, analista financeiro, 38 anos
Fernanda Galvão, fisioterapeuta, 24 anos
Francielly Azevedo, jornalista, 30 anos
Gabriella Oliveira, estudante, 20 anos
Giane Mara, técnica de enfermagem, 35 anos
Helouise Lima, advogada, 33 anos
Isabela Fiorim, maquiadora, 18 anos
Isabella Scarpellini, estudante 21 anos
Isadora Sirio, estudante, 22 anos
Joyce Boenos, servidora pública, 33 anos
Júlia Dereti, estudante, 22 anos
Kamile Enzo, atriz, 28 anos
Leisiane Cleve, médica, 43 anos
Lidiane Raeder, servidora pública, 41 anos
Manoela Stival, estudante, 17 anos
Marcia Ferrarini, servidora pública, 43 anos
Maria Eduarda Caldart, estudante, 22 anos
Maria Mango, fisioterapeuta, 36 anos
Maria Vitória, estudante, 19 anos
Nathália Gobbi, médica, 30 anos
Paula Schierling, cirurgiã dentista, 46 anos
Renata Dutra, designer, 33 anos
Victória Toledo, estudante, 16 anos

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

De médicas a estudantes: “O Despertar de Sofia” transforma mulheres ‘comuns’ em artistas circenses

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.