A alegria e a magia do teatro tomam conta de Curitiba neste mês de junho. A Associação de Teatro para Infância e Juventude do Estado do Paraná (ATINJ/PR) realiza desta terça-feira (4) até domingo (9) a IV Mostra ATINJ de Teatro para Crianças, patrocinada pela Lei Federal de Incentivo à cultura e IOP – Instituto de Oncologia do Paraná. O evento é uma oportunidade de compartilhar a produção teatral de companhias paranaenses, direcionada ao público de todas as idades para incentivar o entretenimento para toda a família.

Estórias Brincantes de Muitos Paizinhos
Foto: Divulgação

As apresentações acontecem em três espaços culturais – Espaço Cultural da Cia. do Abração (Bacacheri), Espaço da Criança (Santa Felicidade) e no Centro Cultural Boqueirão (Boqueirão). A ideia é promover no público infantil um interesse especial pela arte e suas diversas formas de manifestação. A edição de 2024 traz novidades como apresentações com tradução em libras para promover a acessibilidade a pessoas com deficiência auditivas.   

Serão dez apresentações de nove espetáculos diferentes de nove companhias de Curitiba, Maringá, Sarandi e Ponta Grossa. Deste total, oito apresentações vão acontecer em dias letivos, direcionadas ao público das Escolas Públicas Municipais. Já, no final de semana serão realizadas duas apresentações gratuitas abertas ao público. Linguagens artísticas variadas como teatro, circo, dança, música, artes visuais e literatura fazem parte da programação. 

Além das apresentações, a mostra também é composta por uma oficina teatral, direcionadas a professores, mesa-redonda e palestra sobre a história do teatro para crianças em Curitiba. A oficina será realizada na Academia Cena Hum. A programação completa da mostra está disponível no site.

A presidente da Associação, Letícia Guimarães, comenta sobre a importância da mostra vem em tempos desafiadores e que é uma forma de encontrar-se com as crianças, com as famílias, com os artistas e educadores, além de ser uma aposta na abertura do campo sensível e imaginativo da experiência estética e do fazer poético. 

“A quarta mostra ATINJ traz espetáculos premiados e realizados por grupos comprometidos com este ofício há bastante tempo. O projeto é essencial para que cada vez mais a arte esteja presente na vida das pessoas. É uma grande alegria e prazer proporcionar a convivência criativa. Nossas expectativas são sempre as melhores. O evento brinda o público com bons espetáculos e reúne artistas para celebração e reflexão”, disse.

O evento proporciona ao público de escolas públicas o acesso gratuito às apresentações. Neste aspecto, o teatro surge como fator de integração social, possibilitando às crianças, que muitas vezes nunca assistiram uma peça de teatro, um outro olhar ou até uma possibilidade de ver e rever a própria infância com mais sensibilidade.

“É um evento muito importante que proporciona oficina, espetáculos e principalmente a mesa redonda, que é discutido as linguagens e as formas de se fazer teatro. Contamos com a participação e divulgação de todos”, reforça Pedro Uchoa, vice-presidente da Atinj.  

Dentre a programação prevista, a mostra de espetáculos terá 100% de ingressos gratuitos, revertendo à população produtos culturais de qualidade.  
 

COMPANHIAS PARTICIPANTES 

COMPANHIA DO ABRAÇÃO – CURITIBA: A Cia do Abração é um espaço de arte e cultura, fundado em 2001, por Letícia Guimarães e tem como proposta principal a pesquisa e produção teatral para todas as idades, embasados em dramaturgia própria e difundidas como espetáculos de repertório. Sua proposta estética está alicerçada na fusão de linguagens artísticas elaborada em investigações advindas de processos colaborativos. Além da dança e das artes visuais, trabalha e investiga as técnicas de manipulação de objetos, mímica, produção sonora e conhecimentos da antropologia.  

CIA. CIRCO TEATRO SEM LONA – MARINGÁ/PR: A companhia Circo Teatro Sem Lona foi originada em 1996, unindo várias técnicas circenses: acrobacia, malabares, trapézio, mágicas e estudos sobre a figura do palhaço. A companhia, por iniciativa de Ochôa, encaminhou projeto de Lei Municipal de Incentivo à Cultura para uma pesquisa de investigação teatral e circense. Após três anos de estudos, laboratórios e práticas, resultaram no espetáculo de circo teatro “O Amor de Peri e Ceci- ”, inspirado na obra de José de Alencar “ O Guarani”. As encenações são irreverentes, dinâmicas, satíricas e musicais, apoiadas na linguagem simples e popular, como forma de atingir o público eclético.   

CIA. PÉ NO PALCO CURITIBA/PR: Fundada em 1995 por Fátima Ortiz o Pé no Palco Atividades Artísticas. Criação da companhia estável – Círculo de Encenação e Pesquisa e consolida quatro segmentos de atividades: Cursos Livres de Teatro, Círculo de Encenação e Pesquisa, Ação em Valores Humanos e Workshop, Cursos e Eventos.  

MRG PRODUÇÕES ARTÍSTICAS  CURITIBA/PR: Fundada em 1995 por Marcio Roberto, é considerada uma das maiores produtoras de arte e cultura do Paraná. Com sede em Curitiba, tem como principal segmento artístico a produção de espetáculos teatrais através de clássicos da literatura. Oferece arte primorosa, criada por artistas premiados. Montagens consagradas atestam a sua sensibilidade e amor na produção artística. 

CIA. ESPAÇO DA CRIANÇA A empresa Espaço da Criança foi fundada em 1.986, por Giovani Cesconeto, para produzir espetáculos de teatro, cinema e eventos culturais. Produziu 158 espetáculos para infância e juventude.  Foram mais de 2.000 apresentações, 1.500 horas de cursos para formação de professores, e passou de 1.000.000 de espectadores. 

CENATRUPE – SARANDI/PR 

A companhia artística Cenatrupe de Sarandi-PR, município localizado no norte do estado Paraná surgiu em 2013. Em seu Histórico, a Cenatrupe ministrou oficinas de iniciação teatral ao grupo infantojuvenil “Os Petelekos”, contratada pela escola de artes “Ateliê das Artes” localizada em Sarandi/PR para instrução teatral, montagem e direção de espetáculos durante os anos de 2014 e 2015 (Espetáculos “Chapeuzinho vermelho em: O que a História não contou” e “O Mágico de Oz”), e ministração de oficina de “Teatro do Oprimido” a turma adulta de teatro da mesma escola artística. Em 2014 Cenatrupe também por meio de sua representante legal foi convidada pela SEJUV Secretaria Municipal da Juventude Cultura, Esporte e Lazer de Sarandi/PR a realizar o projeto “Proscênio” durante 15 dias com oficinas e ensaios resultando na montagem da esquete “Honesta”. Em seu Histórico pessoal a companhia Cenatrupe já montou mais de 40 espetáculos. 

GRUPO DIA DE ARTE – PONTA GROSSA/PR 

O Grupo foi criado em 2014 em Ponta Grossa/PR, com o seu primeiro espetáculo direcionado ao público infantil “Heróis da Natureza”, que venceu o Prêmio Circulação de Espetáculos do Município de Ponta Grossa em 2015. Desde então, vem criando novas dramaturgias que estão sendo reconhecidas e premiadas pelo estado. 

Em 2017 estreou “Ai! Sumiram os brinquedos” e venceu no mesmo ano o edital “Prêmio Domingo tem teatro 2017” da Secretaria de Cultura do Estado do Paraná, onde realizou apresentações em diversas cidades. Desde sua estreia foram realizadas mais de 200 apresentações em diversos eventos, teatros e cidades.  

MEU CLOWN – MARINGÁ/PR 

O grupo Meu Clown nasce na cidade de São Paulo (2005), fruto da cooperação entre artistas e pesquisadores do campo da palhaçaria. Marcelo Colavitto, membro fundador e diretor da trupe, trouxe metodologias de formação de clowns de seus estudos com discípulos de Jacques Lecoq, buscando valorizar a gênese do teatro poético que tem no corpo sua fonte de inspiração criativa. O grupo já se apresentou em diversos festivais de teatro no Brasil e já fez apresentações na Itália (2013), Taiwan (2015), Chile (2016), França (2018), Portugal (2018) e Espanha (2022 e 2023). Possui 10 peças em seu repertório sendo 8 de autoria própria. Em 2021 publicou um livro no qual há o registro de sua dramaturgia e processo de criação cênica. 

CENAHUM – CURITIBA/PR 

Fundada em 1995 por George Sada, a Cena Hum Academia Multiartes surge no panorama artístico paranaense como a primeira instituição privada dedicada à formação de artistas nas artes cênicas do Paraná. Oferecendo cursos de teatro para todas as idades e abrigando o maior acervo de figurinos do estado, com mais de 25 mil peças, a Cena Hum expandiu suas atividades em 2015, criando o Grupo Empresarial Cena Hum, composto por três empresas: Academia, Produtora e Instituto. Com uma estrutura física ampla e equipe qualificada, a Cena Hum Academia Multiartes busca ser um espaço onde vida e arte se encontram. 

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Mostra de Teatro terá dez apresentações gratuitas para criançada em Curitiba

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.