Nos dias atuais, é difícil encontrar alguém que em pelo menos um momento da vida não tenha dito: “Eu não aguento mais”. Pois esse é o tema da comédia “O CASO“, que chega a Curitiba nos dias 7 e 8 de setembro. Estrelada por Otávio Muller Letícia Isnard, o espetáculo vai fazer apenas duas apresentações, no Guairinha.

comedia-o-caso-em-curitiba
Foto: Ricardo Braiterman/Divulgação.

A peça, dirigida por Fernando Philbert, cujo texto original é do autor e ator contemporâneo francês Jacques Mougenot, tem o nome original de “O Caso Martin Piche” e, nas terras brasileiras, foi batizada de “O CASO”.  Mougenot é o mesmo do sucesso “O Escândalo Philippe Dussaert”, em que Marcos Caruso ficou anos em cartaz, arrematando todos os prêmios de melhor ator e melhor espetáculo.

A comédia “O CASO” fala de questões contemporâneas, como a incapacidade de se concentrar em meio à avalanche de informações e estímulos que chegam sem parar e a falta de interesse pelo outro e pelo coletivo, com um texto ágil, repleto de humor e diálogos rápidos. 

Otávio Muller vive Arnaldo, um homem aparentemente comum, que procura uma psiquiatra (Letícia Isnard), alegando sofrer de um distúrbio desconhecido, em que é constantemente tomado por uma sensação de desinteresse completo por absolutamente tudo e todos ao redor. Ele acha tudo muito chato e não consegue prestar atenção em nada que as pessoas dizem. A psiquiatra, por sua vez, intrigada, tenta de todas as maneiras decifrar a patologia. Quando acha que começa a entender o que se passa, o caso toma um novo rumo.

Para o ator Otávio Muller, quando leu o texto pela primeira vez, ficou claro para ele que, apesar de francesa, a obra reflete muito a realidade da vida dos brasileiros hoje.

“Como ator, como artista, eu quero cada vez mais, junto com os parceiros deste projeto, que a peça seja bastante relevante. Que a gente possa acentuar ainda mais essa relevância para o Brasil de agora. A peça fala de um sentimento que todo mundo já teve, em momentos e épocas diferentes na vida e, também, agora. Essa coisa do tédio, de achar tudo uma chatice, de não aguentar mais”

comenta Otávio Muller.

Já para a atriz Letícia Isnard, a peça fala desses sentimentos, nos confronta com a nossa estranheza, nos faz rir do nosso próprio caos e ainda manda o tédio e a chatice pro espaço.

“Em ‘O mal-estar da civilização’, Freud já explicava muito da nossa eterna insatisfação e da inatingível busca da felicidade. O avanço do capitalismo, da tecnologia no cotidiano e a pandemia aprofundaram ainda mais esses sentimentos de infelicidade e tédio. Enquanto não solucionamos a falta de sentido existencial, refletir e, principalmente, rir dela nos alivia e nos conecta com o verdadeiro sentido de tudo: a tal da alegria e da felicidade”

explica Letícia Isnard.
comedia-o-caso-em-curitiba-1
Foto: Ricardo Braiterman/Divulgação.

Serviço:

O CASO – Comédia com Otávio Muller e Letícia Isrard
Datas e horários: 7 de setembro, 20h / 8 de setembro, 17h.
Onde: Teatro Guairinha (Rua XV de Novembro, 971 – Centro)
Quanto: ingressos a partir de R$ 20. Venda pelo Disk-Ingressos.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Comédia com Otávio Muller e Letícia Isnard chega a Curitiba com duas sessões, no Guairinha

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.