A Cia. Rabiscos estreia no dia 10 de outubro, o seu novo espetáculo “O Massacre dos Anjos” e fala sobre a masculinidade e o culto à violência como um dos perigos na formação de seres humanos. A temporada continuará até 10 de novembro no Ave Lola Espaço de Criação, de quinta-feira a domingo. Os ingressos podem ser retirados uma hora antes de cada apresentação e o pagamento será na modalidade “Pague Quanto Vale”.

O texto do dramaturgo César Mathew aborda questões sobre a masculinidade tóxica, violência e a negação da sensibilidade na educação de meninos a partir de uma conversa entre pais e mães. “A ideia surgiu enquanto eu acompanhava uma discussão na internet sobre como deixamos de discutir a masculinidade quando os assuntos são massacres e tiroteios, o que me levou a refletir sobre o quanto aceitamos e naturalizamos a violência na criação e formação de caráter de meninos”, explica César.

A direção é realizada por Maíra Lour, conhecida pelo trabalho na Súbita Companhia. “Questionar a masculinidade tóxica é com certeza algo que precisa estar presente nas discussões, nas conversas. O machismo é algo subcutâneo assim como vários outros comportamentos sociais, é preciso uma atenção diária para não seguirmos fazendo a manutenção de ideias que são extremamente agressivas e que geram violências e desigualdades. Outros imaginários coletivos são possíveis”, destaca Maíra.

A Companhia
A Cia Rabiscos surgiu em 2012, reunindo um grupo de artistas formados no curso de Teatro da PUC-PR e é formada por André Avancini, César Mathew, Felipe Frutuoso, Gabriela Schwarzbach e Jakeline Barra. A equipe de criação artística inclui ainda nomes reconhecidos no teatro paranaense, como a cenógrafa Guenia Lemos, o figurinista Paulo Vinícius, o iluminador Wagner Corrêa e Lucas Neves na trilha sonora original, Dafne Viola na assistência de direção e produção de Gilmar Kaminski e Gabriel Tonetti. A produção é subsidiada pelo Mecenato Iniciante em parceria com artistas experientes, fortalecendo a sua formação artística enquanto companhia de teatro.

 

Serviço:

O Massacre Dos Anjos

Ave Lola – Espaço de Criação / Rua Mal. Deodoro, 1227

Datas: 10 de outubro a 10 de novembro de 2019

Quinta, sexta e sábado às 20h e domingo às 19h

Pague o quanto vale

Ingressos retirados no próprio teatro 1 hora antes de cada sessão

50% dos ingressos estão disponíveis para reserva no site: http://www.avelola.net.br/reservas/

 

Sobre a diretora Maíra Lour:

Maíra Lour é dramaturga e diretora da Súbita Companhia de Teatro desde 2007. Pesquisadora de linguagens híbridas teatro, dança e literatura. Trabalha como diretora de espetáculos, dramaturga, preparadora de elenco, ministrante de oficinas para artistas pré profissionais e profissionais, orientadora de trabalhos em dança e teatro. Idealizadora e orientadora do núcleo de pesquisa PLATAFORMA – Espaço de Investigação Artística da Súbita Companhia de Teatro (workshops, residências, encontros e publicações). Colaboradora do Núcleo IMP (investigação do movimento particular) de dança contemporânea desde 2007. Dedica-se à pesquisa de autoras mulheres latinoamericanas; criação em dramaturgia contemporânea; estudos do corpo dramático-poético; relação entre fisicalidade e interpretação; dramaturgia do gesto e modos colaborativos de criação e produção.

 

Realização:

Cia Rabiscos

 

Incentivo:

EBANX

Lei de Incentivo à Cultura

Fundação Cultural de Curitiba

Prefeitura de Curitiba

 

Ficha técnica completa:

Direção: Maíra Lour

Assistência de direção: Dafne Viola

Dramaturgia: Cesar Mathew

Elenco: André Avancini, Cesar Mathew, Felipe Frutuoso, Gabriela Schwarzbach e Jakeline

Barra

Coordenação de produção: Gilmar Kaminski – Flutua Produções

Produção executiva: Gabriel Tonetti

Cenografia: Guenia Lemos – Prego Torto & Cia

Cenotécnica: César Augusto e Virginia Santos – Estúdio Pontiagudo Cenografia

Adereços: Eduardo Santos

Figurino: Paulo Vinícius

Costura: Atelier Amaral

Iluminação: Wagner Correa

Operação de luz: Breno Monte Serrat e Arthur Jaime

Sonoplastia e trilha original: Lucas Neves

Operação de som: Luís Fernando Nicolosi

Assessoria de imprensa: Giana Guterres

Redes sociais: Gabriel Tonetti e Gilmar Kaminski

Anúncios redes sociais: Luisa Bonin – Platea Comunicação e Arte

Design gráfico: Victor Uchoa

Registro fotográfico e audiovisual: Eli Firmeza

Captação de recursos: Meire Abe