Depois de receber três artistas nikkeis em seis shows com casa cheia e repertório sensível e tocante, o projeto Sons Nikkei – fusão musical: Brasil – Japão encerra sua série no dia 11 de dezembro, às 20h,  no Teatro Positivo – Pequeno Auditório, convidando a cantora Fernanda Takai e recebendo os músicos que passaram pelos shows anteriores: Naomi Kumamoto, Arthur Endo e Yuzo Akahori. Os ingressos populares custam 10 e 5 reais e podem ser adquiridos pelo Disk Ingressos.

 Sons

O Trio Nikkei é formado pelos músicos  João Egashira(violão), Lilian Nakahodo(piano) e Saemi Murakami(taiko, shinobue, fue e canto). Essa formação, que alia instrumentos brasileiros com japoneses,  foi criada exclusivamente para o projeto. Desde setembro, aconteceram 3 shows diferentes, em 6 apresentações com o trio e artistas convidados: Naomi Kumamoto (flauta), Yuzo Akahori (Shamisen) e Arthur Endo (violão). O projeto também contou com workshops gratuitos de todos os artistas participantes do projeto. No dia 23 de novembro, a partir das 9h, acontece o último workshop desta edição com o violonista João Egashira, intitulado: Uma visão geral sobre arranjos para cordas brasileiras, no Conservatório de MPB, com entrada franca via inscrição pelo Sympla.

 O termo “Nikkei” tem origem na língua japonesa e é utilizado para denominar os descendentes de japoneses que vivem de forma regular em outros países. No contexto da série de shows, visto que os músicos –  japoneses ou descendentes – vivem no Brasil, este vocábulo também é carregado de brasilidade dada a combinação das influências dos dois países, nas criações dos artistas.

 

Japoneses

O Paraná é o segundo estado com maior número de descendentes japoneses no Brasil, sendo que cerca de 40.000 deles vivem em Curitiba. Alguns deles são bastante atuantes no cenário musical da cidade. Para o projeto foram escolhidos três representantes “Nikkei” de Curitiba que formam um trio sui generis: João Egashira no violão, Lilian Nakahodo no piano e Saemi Murakami nas flautas e tambores japoneses. 

 As influências musicais dos artistas envolvidos são múltiplas e dão o tom das apresentações, indo da música tradicional japonesa até o Choro e a Bossa Nova, passando pela música erudita, o forró, o jazz e até a música contemporânea. Tal fato pode ser percebido pela diversidade e variedade de gêneros e estilos dos repertórios, que também conta com composições próprias do trio feitas exclusivamente para o projeto. Pode-se dizer que isso se configura em uma miscigenação musical com um sabor bastante brasileiro. Os arranjos são construídos coletivamente sob orientação do diretor musical João Egashira.

 A música pode ser um poderoso fator de aproximação, de união entre diferentes povos, diferentes culturas. E é exatamente isso que Sons Nikkei – fusão musical:  Brasil- Japão pretende: que a música funcione como um elo de ligação emocional, afetiva, cultural e artística. Respeitando as diferenças e ao mesmo tempo convergindo, mirando para o mesmo lugar, algo tão necessário nos dias de hoje.

 O projeto é realizado com apoio e incentivo à cultura- Fundação Cultural de Curitiba e da Prefeitura Municipal de Curitiba com incentivo do Positivo. Como contrapartida social, durante o período do projeto o Trio Nikkei também realiza 5 concertos gratuitos em escolas municipais da cidade.

 Sobre os músicos do Trio Nikkei

 João Egashira 

Violonista, arranjador, compositor, produtor musical e pesquisador. Diretor da Orquestra à base de corda desde 2001, com a qual já se apresentou ao lado de nomes como Paulinho da Viola, Dominguinhos, Lenine, Zeca Baleiro, Renato Borghetti, Yamandu Costa, Rosa Passos, entre outros…

 Lilian Nakahodo 

É pianista, pesquisadora, compositora, editora de áudio para filmes e professora de piano, com formação em Produção Sonora e mestrado em Criação, Estética e Teoria Musical pela UFPR. Toca profissionalmente em diversos grupos musicais desde 2000, dos mais variados gêneros, buscando paralelamente o aperfeiçoamento em composição, sonologia e performance pianística  em oficinas de música (Curitiba, Itajaí e Tatuí) e congressos, simpósios e encontros de música e arte sonora

 Saemi Murakami 

Compositora para trilhas de vídeo e para acompanhamento com dança Yosakoi Soran, para canções e músicas instrumentais, professora de piano e técnica vocal. Também é professora graduada de taiko, de nível 3, pela Nippon Taiko Foundation

 

Sobre os músicos convidados

 Fernanda Takai(MG) – Cantora e compositora

Vive em Belo Horizonte, Minas Gerais. Formada em Relações Públicas, UFMG, 1993. É cantora, compositora e cronista. Vocalista da banda mineira Pato Fu há 25 anos, há 10 lançou-se numa carreira solo com repercussão nacional e internacional, chegando a gravar um CD de inéditas com o guitarrista Andy Summers (The Police) em 2012. Lançou 18 álbuns e 7 DVDs. Tem 4 Discos de Ouro, vendeu mais de um milhão de cópias. Artista multipremiada pela APCA, Grammy Latino, MTV Brasil, Multishow, Revista Bravo!, Prêmio da Música Brasileira, entre outros. Tem 4 livros publicados (Panda Books, Cobogó e Itaú) e conquistou recentemente um prêmio Jabuti.

Yuzo Akahori(SP)

Brasileiro descendente de japoneses, virtuoso instrumentista de shamisen (instrumento de cordas tradicional no Japão). Teve aulas particulares de shamisen e violão. Bacharel em Música pela FASC (Faculdade de Artes Santa Cecília de Pindamonhangaba). Yuzo estudou e ainda estuda shamisen no Japão com renomados professores, como Minoru Utida que já tocou com o cantor Takashi Hosokawa, Shimazu Aya e também o professor Takayuki Matsuda, professor de grandes nomes como Takeshi Kitayama. Recentemente teve cursos extras com Ryoichiro Yoshida do Yoshida Brothers, onde hoje ele é o seu mentor. Lançou o 1º cd de Shamisen do Brasil e da América Latina.

 Arthur Endo(SP) – violonista

Arthur é um violonista brasileiro, compositor e arranjador. Seu trabalho é fortemente influenciado pela música brasileira, latina e erudita. Com apenas 22 anos, Arthur lançou em 2019 o seu primeiro álbum “Narrativas de um Brasil”.
Já passou com uma Turnê pela Holanda. No país em Setembro/Outubro de 2018 com shows em Amsterdam, Nijmegen e Amersfoort. Na mesma turnê, representou o Brasil no Imagine Internacional Festival 2018 em Maastricht e realizou concertos no Leusden Jazz Festival.
Um dos seus projetos mais recente foi a gravação produzida e dirigida pelo violonista Yamandu Costa.

 Naomi Kumamoto(RJ)

Flautista japonesa que reside no Rio de Janeiro e é especialista em Choro. Nascida em Kobe, no Japão, Naomi Kumamoto formou-se em música (flauta) pela Universidade de Pedagogia de Osaka. Trabalhou durante vários anos em orquestras sinfônicas, onde tocava o repertório de música erudita e atuava em gravações e apresentações. Um dia descobriu o choro e se apaixonou. 

 

 Serviço

 Sons Nikkei 

Fusão Musical: Brasil – Japão 

 Trio Nikkei +  Fernanda Takai + Naomi Kumamoto + Arthur Endo + Yuzo Akahori 

Data: 11/12/2019

Horário: 20h00

Local: Teatro Positivo (Pequeno auditório)

(R. Professor Padre Viriato Parigot de Souza, 5300)

Ingresso: R$ 10,00 e 5,00

Venda pelo Disk Ingressos: https://www.diskingressos.com.br/evento/836/11-12-2019/pr/curitiba/trio-nikkei-sons-nikkei