Entre os dias 01 e 03 de novembro, Brasília recebe a 5ª edição do Prêmio Profissionais da Música. Considerada a maior premiação do segmento, com mais de 60 categorias, o programa dominical, Curitiba dá Samba está entre os finalistas. 

Idealizado pelo jornalista durante a faculdade, o projeto “Curitiba dá Samba” será lançado em formato documentário contando a história do samba e do carnaval da capital paranaense. (Foto: Divulgação/Carla Cabaña)

Apresentado pelo jornalista, editor de música e produtor cultural, Lucas Cabaña na Rádio Cultura de Curitiba, desde 2017, nesta sexta-feira (01), o apresentador é convidado do Presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal, Deputado Rafael Prudente para a sessão solene aos profissionais da música. 

Além da sessão também celebrar o centenário do maestro manauara, Claudio Santoro, toda a premiação idealizada pelo Gustavo Ribeiro de Vasconcellos é de extrema importância. Nós precisamos nos reconhecer enquanto rede na cadeia da música. Somos profissionais que atuam em prol do social, mas também na economia cultural brasileira”, afirma o jornalista. 

Para o comunicador, ao longo das quatro temporadas do programa, além de entrevistar diversos profissionais, ele lançou há alguns meses um quadro para entrevistar artistas de outras regiões do país que, segundo ele, muitas vezes não conseguem divulgar seus trabalhos nas rádios.  

Sou fundador em uma empresa de assessoria de imprensa, sei o quanto é difícil para alguns artistas ter sua música e história contada nas rádios sem aporte financeiro. Criei o ‘Pelo Telefone’ para suprir essa necessidade e poder incentivar”, conta o apresentador sobre o nome do quadro que faz ode ao primeiro samba gravado no Brasil. 

Ainda, segundo o apresentador, o projeto idealizado em 2011, surgiu durante a universidade de jornalismo, no processo de pesquisa sobre a origem do gênero no Paraná, consolidado na época em formato de documentário – o filme será lançado em longa entre 2020 e 2021. No ano seguinte, do audiovisual  o Curitiba dá Samba se tornou coluna da extinta revista O Rato

Quando me convidaram para integrar a equipe, ainda era tudo online. Na primeira edição impressa, lançamos o ‘Curitiba dá Samba’ em formato de coluna e o melhor, foi durante o carnaval. Naquele período eu jamais cogitei que o produto pudesse ir para a rádio“, confessa. 

Indicado pelo público e finalista com o programa no Prêmio Profissionais da Música, para o comunicador, o troféu é consequência. O maior mérito é construir diariamente sua relação com os ouvintes e promover a cultura brasileira. 

Sei da relevância e importância de estar com o programa na Rádio Cultura de Curitiba que tem mais de 60 anos de fundação. Estar com a mesma equipe desde o primeiro episódio, ver o nosso público crescer, a rádio entre as principais em audiência, e chegar até aqui, é uma vitória emocionante”. 

O programa Curitiba dá Samba é exibido todo domingo, sempre às 14h, na Rádio Cultura de Curitiba. Na faixa noturna, meia-noite, com reprise toda terça-feira. No portal da Cultura 930 é possível ouvir todos os programas em formato podcast.