O Museu Oscar Niemeyer (MON) recebe a partir de hoje, a obra “Spider” (Aranha), da artista francesa Louise Bourgeois (1911-2010). A escultura permanecerá em exposição no hall do MON, entre as salas 1 e 4, até o dia 17 de novembro.

 A diretora-presidente do Museu, Juliana Vosnika, explica que “Spider” chega ao público do MON graças a uma parceria entre a instituição e o Itaú Cultural. Ela comenta que a artista demonstrou constante investigação da condição feminina no mundo: “Seu trabalho, marcado fortemente pela presença de aranhas em diversas formas de apresentação, instiga o questionamento sobre o ser mulher e a dominação masculina nas relações”.

 A superintendente de Cultura da Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura do Paraná, Luciana Casagrande Pereira, observa que o instigante trabalho de Louise Bourgeois encanta e assombra o público por onde passa. “Tanto por seu diálogo com a contemporaneidade quanto pelo tom extremamente pessoal que ela imprime em cada uma de suas obras”, diz.

 Depois de permanecer pouco mais de duas décadas em regime de comodato ao lado do Museu de Arte Moderna, em São Paulo, em dezembro do ano passado a obra pertencente à Coleção Itaú Cultural começou uma série de itinerâncias pelo país. 

  “Assim como fazemos com grande parte da Coleção Itaú Cultural, tomamos a decisão de circular uma das suas mais importantes obras internacionais e ampliar o acesso do público a essa grandiosa escultura”, diz o diretor do Itaú Cultural, Eduardo Saron.

 

 Serviço

 “Spider” (Aranha), de Louise Bourgeois

De 8 de agosto a 17 de novembro

Hall entre as Salas 1 e 4

Museu Oscar Niemeyer (MON)

Rua Marechal Hermes, 999

Curitiba – Paraná

museuoscarniemeyer.org.br

 Visitação: terça a domingo, das 10h às 18h

R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada)

Quartas gratuitas (oferecimento Governo do Estado do Paraná)