Foto: Patrícia Iunovich/Colaboração Banda B

Passageiros de um voo que sairia de Curitiba, com destino à Foz do Iguaçu, viveram momentos de tensão na manhã desta quinta-feira (24). O piloto cancelou a viagem minutos antes da decolagem, após constatar problemas técnicos na aeronave.

De acordo com a jornalista Patrícia Iunovich, que estava no voo, a comunicação da companhia responsável pela viagem, a Azul Linhas Aéreas, foi confusa e “cheia de ruídos”. “O piloto nos avisou de uma pane, provavelmente de um problema elétrico, e que a equipe iria averiguar a seriedade da situação”, contou. “Ficamos parados quase duas horas na pista e depois fomos informados de que seria um problema bem mais grave”, relatou Patrícia.

“Na sequência, o comandante informou aos clientes de que o problema tinha sido resolvido. “Mas depois de toda essa confusão, os passageiros não confiaram na estabilidade do avião e pediram para que o comandante desse meia-volta. Após isso, ele declarou que a aeronave não possuía condições para voo, sendo submetida à uma ‘manutenção não-programada’ para averiguação do caso”, relatou.

Esclarecimento

À Banda B, a companhia Azul Linhas Aéreas enviou uma nota procurando esclarecer a situação. Confira:

Por conta de uma manutenção não-programada em sua aeronave, a Azul precisou cancelar os voos AD5756 (Curitiba – Foz do Iguaçu) e AD5093 (Foz do Iguaçu-Curitiba) na manhã desta quinta-feira (24). A companhia esclarece que está prestando toda a assistência necessária aos Clientes, como previsto na Resolução 400 da Anac, e que providenciou a reacomodação deles em outros voos da própria empresa. A Azul lamenta eventuais transtornos ocorridos e reforça que medidas como essa são necessárias para conferir a segurança de suas operações.