A produtora de eventos, Alessandra Martins, é mais uma pessoa que faz a diferença na sociedade. A co-autora do projeto social Um Novo Olhar, que distribui comida àqueles que mais precisam, em Curitiba, conversou com à Banda B nesta segunda-feira (14), para explicar a ideia e pedir ajuda a todos que se sensibilizarem com a ação, visto que, Alessandra acredita e reforça: “ninguém é melhor do que ninguém, ainda mais neste momento de pandemia”.

A ideia surgiu após a união com uma amiga no mês de julho deste ano. Segundo a promotora, entre 250 a 300 marmitas são distribuídas em cada ação feita com outros voluntários. “Nós resolvemos fazer um projeto em que saímos nas ruas e vamos até as comunidades”, explicou.

 

A equipe do projeto social ‘Um Novo Olhar’. Foto: Arquivo Pessoal

 

Todo o projeto é feito por meio de doações. Alessandra diz que, na maioria das vezes, os produtos arrecadados vêm de familiares e/ou pessoas conhecidas. No entanto, ela e a amiga sempre pedem para todos. “Nossos pedidos são feitos nas redes sociais, a gente tem um Instagram (veja abaixo) do projeto. Você pode doar aquilo que sentir vontade. Porque a gente está passando por uma situação bem difícil, então, acho que o pouco vira muito”, comentou a promotora.

Dia das Crianças

Alessandra revelou que uma grande ação está prevista para o Dia das Crianças em duas comunidades da capital. A ideia é que as duas ações atendam, ao todo, mais de 500 crianças. “Nós vamos no Parolin e, em seguida, na comunidade do Portelinha no bairro Santa Quitéria. Serão atendidas, respectivamente, 180 e 375 crianças. Nós estamos arrecadando doces, brinquedos, várias coisas, para a gente fazer uma festa bem legal”, disse.

 

Flyer de divulgação da ação do Dia das Crianças. Foto: Divulgação/Um Novo Olhar

 

Devido às questões que envolvem à pandemia, a promotora reconhece que brinquedos tradicionais como a cama-elástica e a piscina de bolhinhas, não estarão nos eventos. Mas, isto não será problema para a equipe que promete fazer algo tradicional e que sempre cai no gosto dos pequenos.  “Nós, e os voluntários, estamos nos planejando para irmos vestidos de personagens, porque as crianças gostam muito disto. Quando a gente vai lá, entregar os alimentos, nós perguntamos sobre quais personagens eles mais gostam”, disse.

Futuro

Neste momento, Alessandra pede ajuda. “Na última ação que a gente fez, nós levamos 250 cachorros quentes até o Mercado Municipal. Em menos de 10 minutos, todos os lanches já estavam entregues. Neste momento, um senhor veio até a mim e disse que era cantor ‘olha a minha situação hoje, disse ele’ e começou a chorar. Ninguém é melhor do que ninguém neste mundo, né”, questionou.

Para que o trabalho dos voluntários possa continuar, a ajuda com doações é fundamental. “O que a gente pode fazer para melhorar a vida dos outros, a gente deve fazer. Ainda mais neste momento de pandemia. Por isto, precisamos de muitos voluntários. Não é fácil fazer comida para tanta gente, mas, como falamos, a gente nunca desiste. Porque, a cada ação, nós sempre saímos renovados e com o coração aberto”, concluiu Alessandra à Banda B.

Instagram

Clique aqui para acessar o Instagram do projeto ‘Um Novo Olhar’. Nele, será possível chegar as ações que o grupo faz por toda a cidade, além de realizar doações aos integrantes do grupo.