A pandemia causada pelo coronavírus traz consequências diárias a população. Além das inúmeras perdas de vidas, temos ainda que lutar pela sobrevivência. Entre aqueles que pouco possuem, qualquer ato de ajuda social é um golpe a mais que, juntos, damos para combater o vírus. As ações da empresária Carina Rauber Menegussio são um exemplo disto. Por iniciativa própria, ela produz e entrega sanduíches, mas também, serve comida para pessoas que vivem em situação de rua, na capital paranaense.

“Aumentou o número de pessoas que estão passando fome, principalmente, devido a quarentena. Sempre que eu vejo estas pessoas na rua, eu penso: ‘Nós temos o conforto do lar e o que comer. Nós temos uma cama para dormir e água quentinha para tomar um banho. Temos a família; os filhos. E eles?”, refletiu Carina, em entrevista à Banda B.

 

 

Durante a semana, a voluntária prepara, em média, cerca de 200 a 300 sanduíches que serão distribuídos nas comunidades. Além disto, uma vez por semana ela leva jantares as pessoas que vivem nos destinos que ela visita. “Isto depende da quantidade de pessoas que tem na comunidade. Os sanduíches, agora na quarentena, são mais rápidos e fáceis. Então, devido a questão do contato, os nossos sanduíches são bem embrulhadinhos, todos caprichados”, comentou.

Ela ressaltou que não faz nada sozinha. A empresária explicou que possuí contatos que facilitam o planejamento das distribuições dos alimentos que são feitos durante a semana nas comunidades. Mas, fez questão de destacar o papel da filha. A menina é uma criança. No entanto, também realiza os passos da mãe.

“Ela sempre tenta levar um pouco de ração para os animais. A ração é com ela. A menina vive pedindo doações para os pets. Ela me ajuda a fazer os sanduíches. Os carrega e também distribui”, detalhou.

Com a pandemia da Covid-19, a demanda aumentou. Para isso ela começou a pedir ajuda com doações.

“A ação tomou uma proporção muito grande. A quantidade de sanduíches que eu já fazia era considerável. Agora, eu comecei a pedir mais ajuda, por que o meu financeiro ficou muito alto. O pão e, principalmente, o queijo estão muito caros. Com certeza, se eu aumentar o suporte financeiro para fazer os sanduíches. Iremos ajudar muito mais”, concluiu.

Para ajudar com doações você pode entrar em contato diretamente com a Carina pelo telefone 041 99153-6163.